Lutas

Marina Rodriguez negocia com UFC para ser ‘main event’ de card em 8 de maio

Marina Rodriguez
Divulgação/Facebook Oficial UFC Brasil

Marina Rodriguez pode ter a grande chance de fazer um ‘main event’ do UFC em breve. Segundo o MMAFighting e o Combate, a brasileira negocia para ser a luta principal de um evento no dia 8 de maio, enfrentando a americana Michelle Waterson.

O evento seria originalmente liderado pelo retorno de T.J. Dillashaw ao Ultimate depois de dois anos fora dos octógonos cumprindo suspensão por uso de doping. Ele enfrentaria Cory Sandhagen, mas o ex-campeão peso-galo se lesionou, sofrendo um corte no supercílio durante um treinamento e não foi liberado para lutar.

Dillashaw postou a foto da lesão e confirmou que está fora do card do dia 8. O UFC não conseguiu achar um substituto a tempo para assumir a luta e decidiu por adiar o evento, Com isso, uma nova luta principal terá de ser procurada e aí abriu-se a chance de Marina Rodriguez.

A brasileira vem de vitória sobre Amanda Ribas em janeiro, justamente substituindo a rival pretendida pela organização. Marina é a sexta do ranking dos palhas e é oriunda da Contender Series. Pelo Ultimate, foram três vitórias, uma derrota e um empate até o momento, e a vitória sobre Amanda pode colocá-la mais perto de ser a desafiante do cinturão da categoria.

Veterana no MMA, Waterson vem buscando a chance de lutar pelo título da categoria. ‘The Karate Hottie’ venceu Angela Hill em sua última luta e quer embalar uma sequência de duas vitórias, algo que não obtém desde 2018, quando venceu Cortney Casey e Felice Herrig (e a sequência iria para três, com a americana batendo em 2019 Karolina Kowalkiewicz).

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top