Lutas

Joe Rogan se defende de críticas por entrevistar McGregor após lesão no UFC 264

Reprodução/Youtube Oficial UFC

As polêmicas sobre o UFC 264, a derrota de Conor McGregor e a lesão deste na derrota para Dustin Poirier parecem não cessar. Agora, o ‘alvo’ é o comentarista oficial das principais lutas do Ultimate, Joe Rogan.

Rogan, que também é responsável pelas entrevistas dentro do octógono após as lutas, decidiu se defender de críticas por ter decidido entrevistar McGregor mesmo com este tendo fraturado o tornozelo e sentindo a lesão. Em seu podcast, the Joe Rogan Experience, o comentarista disse que foi um pedido do irlandês para que a conversa acontecesse.

– As pessoas ficaram meio que… ‘por que você foi entrevistar o Conor?’ Foi o McGregor quem me trouxe. Na hora, ele me disse ‘venha Joe, vamos gravar essa p*** de podcast’. E ele me pediu para que eu me sentasse perto dele. Fiquei pensando como eu faria aquilo. Mesmo que se reconheça que ele estava emocionalmente à flor da pele, é apenas ele expressando isso – justificou Rogan.

A cena marcou o pós-luta entre McGregor e Poirier, com o irlandês lesionado e insultando o rival e a esposa deste. Sem entrar nos méritos da polêmica, o comentarista do Ultimate fez uma defesa do ‘Notorious’ na conversa e de como este, mesmo já milionário, tem seguido sua carreira no UFC e enfrentado grandes rivais.

– O Conor é especial. Somente um cara como ele para querer lutar do jeito que luta com meio bilhão de dólares no banco. Provavelmente, Conor McGregor é o cara mais rico que quis lutar para valer. O Floyd Mayweather, que é um dos maiores lutadores da história e é tão rico quanto o Conor, está enfrentando agora caras que não tem chance de vencê-lo. Agora, McGregor está enfrentando caras como Dustin Poirier, Donald Cerrone, Khabib Nurmagomedov, enquanto vale milhões de dólares – declarou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top