Tênis

US Open: Bruno Soares e Mate Pavic alcançam primeira final de um Grand Slam jogando juntos

Soares e Pavic - US Open
Photo by Lintao Zhang/Getty Images

Soares e Pavic jogaram um belo tênis na semifinal do US Open, em Nova York, derrotando uma dupla forte. O holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau deram trabalho, mas saíram de quadra derrotados por por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.

Primeiro set

O brasileiro e o croata dominaram a parcial inicial. Logo no primeiro game já quebraram o saque da dupla adversária. Não deram chances de quebra de serviço para os oponentes. Bruno e Mate tiveram 16 winners contra 13 do Tecau e Rojer, ganharam 38 pontos diante de 28 dos rivais e cometeram menos erros não forçados (três contra seis).

Segundo set

A parcial seguinte se manteve equilibrada e sem quebras até o oitavo game do US Open, quando Horia Tecau distribuiu devoluções com extrema categoria e carregou o game nas costas. Rojer sacou para fechar o set, mas sentiu o peso e cometeu uma dupla falta, possibilitando a devolução da quebra de saque.

Bruno Soares ficou com a responsabilidade de fechar o jogo. O brasileiro e o croata lidaram bem com um 15/30, viraram a contagem e fecharam o confronto, garantido vaga para à final do US Open.

Soares já conquistou o Aberto dos Estados Unidos em 2016, na ocasião Jamie Murray era seu parceiro. Também foi campeão nas duplas mistas (2012 e 2014).

Adversários na final do US Open

O holandês Wesley Koolhof e o croata Nikola Mektic, cabeças de chave número 8 do Grand Slam, derrotaram na outra semifinal da competição o britânico Joe Salisbury e Rajeev Ram, eram considerados os favoritos para levantar a taça do Aberto dos Estados Unidos.

LEIA MAIS

Brady vence duelo contra a #35 do mundo e chega à semifinal em Nova Iorque

Ney Franco chega nesta quarta-feira a Belo Horizonte para acertar com o Cruzeiro

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top