Tênis

US Open: Em “final antecipada”, Thiem despacha Medvedev com autoridade

Os olhos do mundo da bola amarela estiveram atentos à quadra do Arthur Ashe Stadium na noite desta sexta (11), quando os grandes favoritos à conquista do torneio, Dominic Thiem e Daniil Medvedev, desempenharam um jogo de alto nível que culminou na vitória do austríaco por 3 sets a zero (6/2, 7/6 e 7/6). Com isso, o número três do ranking enfrentará o alemão Alexander Zverev na busca pelo seu primeiro título de Majors.

Medvedev chegou ao confronto sem perder um set sequer durante toda a competição, além de seu serviço ter sido quebrado apenas três vezes em 68 disputados.

Ambos os tenistas demonstraram sólido jogo no fundo da quadra durante os rallies iniciais, com Thiem abusando dos slices de backhand para impedir o russo de imprimir um ritmo frenético às trocações. Todos os saques foram confirmados até o sexto game, quando Medvedev se envolveu em uma longa discussão com o árbitro de cadeira . O russo executou um saque que foi prontamente devolvido por Thiem, mas Medvedev não fez menção de ir à bola rebatida pois acreditou que seu saque havia saído. A revisão com o Hawkeye provou que Medvedev estava correto, mas o árbitro insistiu que Thiem fez a devolução antes do desafio ser requisitado. O incidente aparentemente tirou o foco do russo na partida, e Thiem venceu oito dos nove pontos que seriam disputados até o término do primeiro set.

Na segunda parcial, Medvedev rapidamente se recompôs para quebrar o austríaco logo no primeiro game. O número cinco do mundo subiu seu percentual de pontos vencidos com o primeiro-saque de 65% para 90% em relação à etapa anterior, e os oito games seguintes foram confirmados pelos sacadores. No décimo, Thiem se aproveitou de um erro não-forçado no backhand de Medvedev para devolver a quebra, quando o russo sacava para o set no 5/4. Thiem ainda teve que salvar um break-point no game seguinte para levar o set ao tie-break, conquistando uma mini-quebra no 7-7 com uma direita vencedora na paralela do russo e, posteriormente, abrindo dois sets a zero.

Os rallies extenuantes pareceram castigar Thiem, e o austríaco recebeu tratamento médico em seu tornozelo direito antes do terceiro set começar. Medvedev soube capitalizar em cima do momento e logo abriu uma vantagem de 3 games a zero. Porém, no nono game, o russo novamente falhou em servir para o set, proporcionando a Thiem devolver a quebra ao mandar um forehand simples para fora. Com a partida encaminhada para o tie-break, Thiem abriu 4-0 com facilidade, se apoiando em um erro não-forçado de backhand e uma dupla-falta crítica do russo. Medvedev, num último suspiro, ainda conseguiu diminuir a desvantagem com ótimas subidas à rede, contudo mais um forehand simples na rede deu a vitória a Thiem, após quase 3 horas de partida.

Aguardando-o na grande final de domingo está Alexander Zverev, que protagonizou uma dramática virada para cima do espanhol Pablo Carreño Busta na primeira semifinal do dia.

“É tudo ou nada”, Thiem disse depois da vitória. “Será uma partida completamente aberta… Estou realmente ansioso por isso. Nós temos uma ótima amizade e rivalidade. É incrível que iremos nos enfrentar em uma final de Grand Slam”, completou o austríaco.

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top