Tênis

US Open: Shapovalov elimina Goffin e avança às quartas

Reprodução/US Open Tennis @usopen
— Continua depois da publicidade —

Na sessão noturna deste domingo (06), a sensação Denis Shapovalov derrotou o número 10 do mundo, David Goffin, por 6/7, 6/3, 6/4 e 6/3, tornando-se o primeiro canadense da história a chegar às quartas do US Open na Era Aberta.

Shapovalov, 17º do mundo, é parte do já histórico trio de tenistas do Canadá que disputam a atual edição do torneio. Ele, Felix Auger-Aliassime e Vasek Pospisil protagonizaram a primeira classificação de três canadenses à segunda semana de um Grand Slam.

O confronto de 3 horas e meia no Arthur Ashe Stadium proporcionou um equilibrado primeiro set, sem quebras de saque, mas com Shapovalov desperdiçando quatro break-points em quatro games de serviço de Goffin. O jovem canadense ainda salvou um set-point no 6/5, mas implodiu no tie-break com uma sequência de erros logo no começo, dando a Goffin a faca e o queijo para fechar a primeira parcial.

No segundo set, Shapovalov passou a se apoiar muito no jogo de rede, pressionando Goffin a encurtar os pontos. O belga cometeu uma dupla-falta no 2/1, de forma que Shapovalov apenas teve que administrar sua primeira quebra a favor na partida para empatar o jogo.

O número 17 do mundo conseguiu uma quebra logo no começo do terceiro set e deu pouquíssimas chances para Goffin se recuperar, ao ceder apenas cinco pontos durante todos os seus serviços.

Goffin pouco fez para conter o ímpeto de Shapovalov no quarto set. O canadense levou cinco games em sequência e, embora tenha sido quebrado na hora de sacar para o jogo no 5/2, manteve seus nervos no lugar para encerrar o embate com um voleio vencedor de backhand.

Denis Shapovalov enfrentará o espanhol Pablo Carreño Busta, 27º do mundo, pelas quartas de final do torneio. Carreño Busta avançou de fase após o sérvio Novak Djokovic ser desclassificado da competição por dar uma bolada em uma das juízas de linha que realizava a partida.

Siga os perfis do Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo