Athletico

Vale mais que a classificação: Athletico terá a chance de se recolocar nos trilhos para o restante da temporada

Fabio Wosniak/athletico.com.br

Às 21h30 desta terça-feira (10), o Athletico recebe o Tocantinópolis na Arena da Baixada pela partida de volta da 3ª fase da Copa do Brasil. Com a vantagem de 5 a 2 conquistada no jogo da ida, a classificação do Furacão para as oitavas está muito bem encaminhada, mas apesar disso, o torcedor certamente não espera menos que uma boa vitória athleticana na Arena da Baixada.

Para saber tudo do Athletico, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram  e no Facebook. Se inscreva também no nosso canal no YouTube.

A pressão do torcedor por resultado e desempenho em uma partida praticamente decidida pelo Athletico ainda no jogo de ida parece descabida. Entretanto, um novo tropeço do Athletico pode não custar a classificação na Copa do Brasil, mas sem dúvidas abalaria as já frágeis estruturas do time na temporada.

Com um início de ano turbulento, o Athletico viu o que parecia ser um ano de projeção a maiores conquistas, com investimentos milionários e nomes de peso dentro do clube, passar a ser um ano em que grande parte dos torcedores rubro-negros já projetam de maneira pessimista.

Com saídas prematuras em praticamente todos os setores do Athletico, o Furacão passou por uma reformulação relâmpago forçada, o que causou grandes golpes nesse começo de temporada. Com goleadas sofridas no Brasileirão e na Libertadores, Alberto Valentim, já na primeira rodada do Campeonato Brasileiro, e Fábio Carille, com apenas 21 dias de trabalho, já se despediram do cargo de treinador do Athletico em 2022. Até mesmo o capitão Thiago Heleno, liderança fundamental da equipe em campo, se lesionou gravemente no Campeonato Paranaense e deve ter longo tempo de recuperação.

Com as trocas de treinador repentinas do elenco principal somadas a saída de Paulo Autuori da direção técnica, o Athletico parece estar alguns passos atrás dos concorrentes no país e no continente, o que fica evidente não apenas pelas derrotas, mas também pela desorganização incomum da equipe em campo contra vários adversários.

Porém para o alívio do torcedor, parece haver uma saída desse furacão que envolve o Athletico. Depois da vitória suada contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro, o rubro-negro mostra sinais que está se acertando e de que pode ser o que o torcedor imaginou para 2022. O time agora comandado por Felipão terá uma chance de ouro enfrentando o Tocantinópolis na Copa do Brasil antes de uma sequência decisiva de partidas. Uma vitória maiúscula na estreia do treinador campeão mundial de 2002 para carimbar a vaga nas oitavas da Copa do Brasil certamente trará tranquilidade para o CT do Caju, tudo que o Athletico precisa para dar boa sequência para a temporada.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top