e-Sports

Valorant: Técnico de grande equipe do cenário é afastado por associação com apostas

Foto: Reprodução/Riot Games

A Riot Games anunciou hoje (06) a suspensão do técnico Rodrigo “Gatti”, da Vorax, sob a acusação de associação à apostas. Segundo a empresa, o jogador teria incitado a prática em uma de suas transmissões. De acordo com as regras da competição, jogadores ou comissão técnica não podem se envolver, direta ou indiretamente, no mercado de apostas em torno dos e-Sports, pois essa prática viola diretamente a integridade competitiva. O período total da suspensão de Rodrigo será de 10 partidas.

Ontem (5), os Oficiais da Temporada da Riot Games receberam uma denúncia dizendo que Rodrigo “Gatti”, técnico da Vorax, teria incitado apostas durante uma de suas transmissões. O fato foi apurado pela Riot e a empresa chegou à conclusão de que o jogador seria punido com uma suspensão de 10 jogos baseado nas diretrizes da competição pois o atleta violou o item 8.4 do Regulamento da Etapa 2 do VALORANT Challengers Brazil.

Regras do VCB associadas ao episódio:

“8.4 Associação com Apostas

Nenhum membro de uma equipe ou da Administração do campeonato pode participar, tanto de forma direta quanto indireta, em apostas com os resultados de qualquer jogo ou partida do campeonato.”

“8.5 Sujeições a Penalidades

Qualquer pessoa envolvida ou com tentativa de envolvimento em qualquer ação que a organização do campeonato acredite, a seu critério exclusivo e absoluto, que constitua uma vantagem desigual, será sujeita a uma punição imposta devido a esses atos. A natureza e extensão das punições impostas devido a essas operações obedecerão a critérios exclusivos e absolutos da organização do campeonato.”

Sobre a penalidade, a Riot Games ainda explicou:

“Suspensão por 10 partidas oficiais do VALORANT Challengers Brazil, impedindo o atleta de participar de qualquer partida oficial até que a suspensão seja cumprida. Considerando que o atleta não participará mais de partidas oficiais da Etapa 2, essa penalidade será aplicada na Etapa 3. Ele poderá ser inscrito na Etapa 3, mas não poderá atuar como titular e nem exercer funções oficiais como técnico até que 10 partidas tenham passado. Caso o Gatti não seja inscrito por nenhuma equipe durante as duas primeiras Fases da Etapa 3, esta penalidade prescreverá e, a partir da Fase 3 , ele poderá atuar por qualquer equipe e não precisará mais cumprir a suspensão.”

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top