Vasco

Vasco entra com pedido no STJD para anular partida contra o Brasil-RS e excluir o VAR da Série B

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

O Vasco entrou nesta tarde no STJD, com o pedido de impugnação da partida contra o Brasil-RS, que terminou empatada em 1 a 1, na última sexta-feira, em São Januário. O clube argumentou que houve erro de direito no protocolo de utilização do VAR, desrespeitando o Regulamento Geral de Competições.

Além disso, pediu também que o árbitro de vídeo só volte a ser usado na Série B quando a CBF garantir o pleno funcionamento da tecnologia disponibilizada. O pedido e as provas apresentadas pelo Vasco já foram encaminhadas para a análise do presidente do STJD, Otávio Noronha.

As solicitações do Vasco são as seguintes:

a. Seja procedida a intimação do Presidente da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, para que este tome ciência do inteiro teor da presente e se abstenha de homologar o resultado da partida em questão até o julgamento da presente demanda;

b. Seja deferido o pedido liminar para que se determine à CBF, através de seu departamento competente, que disponibilize a gravação dos áudios e vídeos de todo o período relacionado a partida em questão.

c. Pela total procedência da presente Impugnação de partida, para que seja determinada a anulação da partida ocorrida no dia 03 de setembro de 2021 (sexta-feira), válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B contra a equipe do Grêmio Esportivo Brasil, na forma do inciso II do artigo 84 do CBJD.

+ Lisca pede demissão e deixa o Vasco: ‘a gente precisa de hombridade para reconhecer que o trabalho não funcionou’

Cumpriu o que prometeu

O Vasco já havia informado que iria solicitar a anulação da partida e a exclusão do VAR na Série B, no último sábado, um dia após o jogo com o Brasil. Na ocasião, o time teve um pênalti a favor revisto pelo VAR e cancelado pela arbitragem, além de um gol anulado após o equipamento não conseguir traçar as linhas para analisar o lance.

“Um impedimento inexistente, com distância suficiente para não haver qualquer dúvida no lance do gol do atleta Daniel Amorim, e uma penalidade a favor do atleta Leo Matos, marcada e depois retirada pelo árbitro, o Sr. Alisson Sidnei Furtado, após consulta à tecnologia que teoricamente tem por objetivo otimizar o trabalho dos profissionais em campo, operada pelo árbitro de vídeo, o Sr. Gilberto Rodrigues Castro Junior, mudaram o placar do que seria a vitória do Vasco da Gama sobre o Brasil-RS, em São Januário, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B”, escreveu o Vasco em um trecho de sua nota sobre o tema no último sábado.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top