Internacional

Vasco vê ‘erro de direito’ contra o clube e cobra ao STJD impugnação de partida contra o Inter

De acordo com empresa responsável pelo VAR, linhas estavam "descalibradas" no momento do gol de Dourado (Foto: Divulgação)

Após ter acesso ao conteúdo do VAR da partida contra o Internacional, o Vasco vai se manifestar nesta quinta-feira ao STJD e reforçar o pedido de impugnação do jogo. Para o clube, houve “impedimento incontestável” de Rodrigo Dourado no lance do primeiro gol do Inter e “erro de direito” contra o Cruz-Maltino.

De acordo com o clube, em nota divulgada ao “Globo Esporte” (Confira a nota na íntegra abaixo), as imagens disponibilizadas pela CBF ao STJD mostram “que as linhas do VAR foram aplicadas e confirmaram o impedimento, reconhecido inicialmente pelo árbitro de vídeo, que, em seguida, de maneira açodada e temerária, confirma o gol ilegal do Internacional”.

Após a manifestação do Vasco, o presidente do STJD Otávio Noronha vai decidir quanto ao cabimento ou não do pedido se impugnação da partida. Não há prazo determinado para esta decisão. Se Noronha decidir que não houve erro de direito e que não cabe o pedido do Vasco, o caso é arquivado. Se o presidente entender que pode ter acontecido um erro de direito, o pedido é aceito e o caso, então, vai para julgamento do Pleno do STJD.

Segundo a empresa responsável pelo VAR, em nota divulgada pela CBF a “descalibragem” das linhas, que impossibilitou a checagem do lance em questão, aconteceu devido “ao baixo ângulo das câmeras, em conjunto com a sombra se movendo no campo”.

Confira a nota do Vasco na íntegra

O Club de Regatas Vasco da Gama confirma que recebeu, na noite desta terça-feira (23), material de áudio e vídeo do VAR referente à partida Vasco da Gama x Internacional, realizada no dia 14/02/2021, válida pela 36ª rodada do campeonato brasileiro de futebol.

O conteúdo audiovisual foi analisado pelos departamentos de Futebol, Jurídico e de Tecnologia do Clube. As imagens mostram de maneira incontestável a posição de impedimento do jogador Dourado do Internacional no lance em questão, prejudicando o Vasco da Gama de forma irreparável na partida. Mais ainda, mostra que as linhas do VAR foram aplicadas e confirmaram o impedimento, reconhecido inicialmente pelo árbitro de vídeo, que, em seguida, de maneira açodada e temerária, confirma o gol ilegal do Internacional.

Esse material fático e probatório será utilizado na manifestação jurídica do Vasco a ser entregue nesta quinta-feira (25/02) ao STJD, provando de maneira clara e objetiva o erro de direito contra o Vasco, cujo resultado não pode ser outro, além da impugnação da partida.

Na sua manifestação junto ao STJD hoje o Clube reforçará a solicitação do conteúdo do VAR anterior ao apito inicial (pré-jogo) que até o momento não foi disponibilizado

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top