e-Sports

VCT FINALS: Vivo Keyd é a grande campeã

Vivo Keyd é a campeã do VCT BR depois de ganhar de 3 a 0 da Havan Liberty
Foto: reprodução/Vivo Keyd

Tanto a campeã como a Havan Liberty estão confirmadas no Masters Berlim

A grande final do Valorant Challengers Brazil, VCT BR, aconteceu neste domingo (22) com o confronto entre Havan Liberty e Vivo Keyd. O time vitorioso foi a Vivo Keyd, que ganhou a melhor de cinco, MD5, nos três primeiros mapas, o campeão foi contra todo o favoritismo da Havan Liberty e se consagrou vitoriosa. 

Ambos os times já estão classificados para o Masters Berlim. A Liberty chegou à final pela chave superior, ou seja, não perdeu nenhum jogo nesta etapa, enquanto a Keyd chegou ao fim depois de ter eliminado a Team Vikings e a Furia, favoritos para vaga no campeonato internacional.

Vivo Keyd (3) x (0) Havan Liberty

Line-up VK: ntk, v1xen, murizzz, Jhow e Heat.

Line-up HL: Liazzi, Shion, Myssen, Pleets e Krain.

Slipt (VK  13 x 11 HL): O primeiro mapa da final do VCT BR foi a Split, quem estava no lado atacante era a Vivo Keyd que optou pela entrada no spike side B, onde conseguiu plantar a spike e ficar com a vantagem numérica, o último jogador da Havan Liberty a ser finalizado foi “krain” (Sage) pelas mãos de “heat” (Jett). Na rodada seguinte a VK estava com o armamento superior e não demorou para abater todos os adversários. 

O primeiro ponto da Havan Liberty veio com três abates de “shion” (Breach) logo no início da rodada, quando os adversários tentavam entrar no bomb A, “ntk” (Sage) foi o último a ser abatido.  O empate não veio em seguida, já que a VK voltou a marcar , depois que “v1xen” (Astra) garantiu o plant e “murizz” (Raze) fez um duplo abate, a Keyd conseguiu segurar a partida e não tinha mais tempo para “shion” e “pleets” (Astra) defusarem a spike, sendo assim, os jogadores optaram por guardar o armamento. 

A Havan conseguiu empatar o jogo depois de uma rodada eletrizante que ocorreu no bomb da A, em que a equipe por fim garantiu a eliminação dos adversários e o defuse. Todavia, a equipe não passou a frente e quem terminou a primeira metade do jogo com vantagem no placar foi a Vivo Keyd. 

O segundo round pistol do VCT foi para a Havan Liberty, a equipe fez um fake em direção ao spike side A, mas voltou rapidamente para B, conseguindo o plant e a eliminação dos adversários. Com um armamento melhor na rodada seguinte, a equipe garantiu o empate depois de rotacionar e plantar no bomb B. Mesmo tendo garantido dois pontos consecutivos a HL não fez o terceiro, necessário para passar a frente no placar, sendo assim, a VK seguiu na dianteira, conseguindo o retake e realizando o defuse, marcando mais um ponto. 

A Havan Liberty continuou próxima da Vivo Keyd, mas não foi o suficiente para virar o jogo. A partida fechou depois que a Liberty demorou para efetuar a entrada no bomb, a Keyd se apropriou disso ganhando tempo e fazendo eliminações certeiras, entre elas, a de “shion” o que impediu que a spike fosse para o chão. Vivo Keyd garantiu o primeiro mapa da série, se aproximando de ser a campeã brasileira do VCT BR.

Bind (VK  16 x 14 HL): Bind foi o segundo mapa de escolha para a grande final do VCT BR e mais uma vez a Vivo Keyd estava do lado atacante. Mas quem abriu o placar foi a Havan Liberty, a VK optou por plantar a spike no bomb B e de maneira escondida, facilitando que a HL fizesse o defuse com a cobertura do local. O segundo round também foi da HL que estava com um armamento superior e garantiu abates logo no início da rodada. 

O primeiro ponto da Vivo Keyd veio com o auxílio de “v1xen” (Brim) que fez quatro abates para a equipe que plantou no spike side A, Brim acabou sendo morto, mas “Jhow” (Viper) finalizou o último jogador restante da HL, “myssen” (Breach). O empate veio em seguida, depois dá spike ir ao chão no bomb B e “Jhow” usar o poço peçonhento para dificultar a entrada dos inimigos, a Liberty acabou optando por guardar o armamento. O ponto de desempate veio para a HL, que não permitiu a entrada da VK no bomb e consequentemente impediu o plant da spike. 

As rodadas seguiram acirradas, a todo o tempo o placar ficou empatado. A primeira parte do jogo acabou em 6 a 6. Na mudança de lados, a HL passou a frente no placar, garantindo a vitória no round pistol. O ponto seguinte foi da mesma equipe, o time estava vindo em direção ao spike side A, mas acabou passando portal e plantando B, “pleets” (Astra) seguiu infiltrado na área e levou dois adversários. Por fim, somente “Jhow” (Viper) ficou vivo no lado da VK, mas foi eliminado por “liazzi” (Raze). 

A segunda metade do jogo foi tão acirrada quanto a primeira, indo para o overtime, onde ambos os times tiveram a chance de fechar a partida. Mas quem conseguiu finalizar foi a Vivo Keyd, o time estava no lado defensor, e a Liberty ao tentar entrar no spike side A, acabou sendo exterminada, com um grande auxílio de “v1xen” que fez um triplo abate na área do aladim. 

Icebox (VK  14 x 12 HL): A Havan Liberty escolheu começar no lado de ataque em Icebox, a equipe levou o round pistol com o auxílio de “liazzi” (Jett) que fez quatro abates e de “pleets” (Sage) que fez o plant na região. O segundo ponto aconteceu também no spike side da A, foi a vez de “pleets” fazer bons abates, levando três adversários e realizando um plant tranquilo. A Liberty seguiu marcando, sequenciando seis pontos contra zero da Keyd. Por fim, o time da Vivo reagiu e fez o primeiro no placar, a HL entrou no A, o confronto aconteceu nesta área e quem levou a melhor na trocação foi a VK, que realizou o defuse. 

Após o primeiro ponto, a VK conseguiu armar uma sequência importante, terminando o lado defensor em 5 contra 7 da Liberty. Indo para o lado de ataque a Vivo Keyd garantiu o round pistol, fazendo o plant na área do B e eliminado os jogadores adversários, o empate veio em seguida, com três abates pra conta de “heat” (Jett). Os confrontos seguiram acirrados, com direito a mais empates. 

Quem teve a primeira chance de fechar Icebox no final do VCT BR foi a Havan Liberty, todavia, a Vivo Keyd conseguiu o empate e consequentemente levou a partida ao overtime. Dessa vez a prorrogação foi menor, já que a Keyd garantiu os dois pontos logo. O 13º ponto veio no lado de defesa da VK, a Liberty sugeriu que ia meio, mas acabou passando por B, precisando enfrentar “v1xen” (Viper) e seus utilitários, que tiraram bastante hp dos adversários, assim sendo, o ponto veio para a VK. Já o ponto para fechar o placar veio com a Keyd no ataque, o time veio por B  e enfrentou a equipe adversária na área, “Jhow” (Sage) usou sua barreira para tentar o plant, mas a equipe inimiga não permitiu. Após os confrontos no tiro a vantagem ficou para a Vivo Keyd, já que só “krain” (Sova) estava vivo para a HL, e logo o jogador foi eliminado. Icebox consagrou a vitória da Vivo Keyd no VCT BR.

A vitoriosa Vivo Keyd e a Havan Liberty são as representantes brasileiras no Masters Berlim, na Alemanha, que começa em setembro. As transmissões acontecem nos canais oficiais de Valorant da Riot Game, YouTube, Twitch e Nimo TV.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top