Demais estaduais

Veja os principais reforços dos clubes de Mato Grosso para a temporada de 2022

Foto: (AssCom Dourado)

Neste último fim de semana, deu início o Campeonato Mato-grossense 2022. Os 10 clubes que vão participar da competição, se movimentaram bastante no mercado, alguns com contratações estrangeiras, outros com nomes conhecidos no cenário nacional e estadual.

LEIA MAIS | Times do Acre, Roraima e Rondônia se reforçam para o ano de 2022

O atual campeão estadual, o Cuiabá, se movimentou bastante no mercado da bola. No final do ano passado anunciou um pacote de reforços e entre eles, talvez, o nome que mais chamou atenção, foram o do meia Rodriguinho e os estrangeiros, zagueiro Juan Ojeda, o volante Christian Rivas e o meia Kevin Osório. Além deles, o clube cuiabano contratou alguns nomes conhecidos, como o do meia brasileiro Valdivia e recentemente os atacantes Everton Cardozo, ex-Grêmio, São Paulo e Flamengo, e André, ex-Sport.

Já o vice-campeão mato-grossense de 2021, o Operário Várzea grandense também anunciou vários reforços, os nomes em tese mais importantes são o do meia Matheus Porto ex-Corinthians e São Paulo, e o atacante Nino Guerreiro, que já jogou pelo Cuiabá e foi campeão estadual e da Copa Verde com o Dourado em 2015.

Há também outras contratações de destaques. Um exemplo é o Ação que contratou dois zagueiros norte-americanos, são eles o Saymon e Michael Lake que vem do Grythyttans IF da Suécia. O União de Rondonópolis, atual campeão da Copa FMF, manteve uma base da temporada passada e se reforçou com bons nomes, entre eles, o meia Alex Maranhão e o atacante Dudu Alagoano.

Além deles, o Nova Mutum, outro candidato a tentar tirar o título do Cuiabá, foi ao mercado e também executou várias contratações. Os principais nomes, são os do atacante Júnior Juazeiro com várias passagens por clubes do Brasil, inclusive pela Série B, o meia Henrique ex-América Mineiro e Sampaio Corrêa, e o lateral Raphinha.

Os dois times estreantes Academia e Sport Sinop também investiram bastante e renovaram seus elencos. O time de Rondonópolis, apostou em um elenco jovem, entre as contratações, a principal é a do meia colombiano Almer Salas. Enquanto, o novato Sport Sinop, também manteve a base do plantel, só que a mescla de vários jogadores experientes. As contratações que chamaram a atenção, foram do volante Felipe Ferro ex-Cerro Porteno do Paraguai e os atacantes Pablo Silva ex-Coritiba e o Peu da Cruz, ex-Cascavel.

Com toda essa movimentação das equipes, a expectativa da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), é que o Estadual continue evoluindo, como tem sido nas últimas edições, apesar do domínio do Cuiabá.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top