Palmeiras

Veja pontos fortes e fracos do adversário do Palmeiras na Recopa segundo jornalista argentino

São Paulo sonda zagueiro Adonis Frías do Defensa Y Justicia, afirma jornalista
Adonis Frías, do Defensa Y Justicia

O Esporte News Mundo conversou com Dino Villalba, jornalista argentino responsável por cobrir o Defensa y Justicia pelo Defensa Pasion, veículo especializado em acompanhar o adversário de logo mais do Palmeiras para saber mais sobre como o time joga, os pontos fortes e os fracos.

O Defensa y Justicia era treinado por Hernán Crespo, que agora está no São Paulo, e é o atual campeão da Copa Sul-Americana, título mais importante da história do clube.

Com a saída de Crespo, muitas coisas mudaram e, agora, o comandante do time é Sebastián Beccacece, que comandou o Racing na temporada passada e eliminou o Flamengo na última edição da Libertadores.

Vale lembrar que Beccacece foi, inclusive, especulado para substituir Vanderlei Luxemburgo, quando o técnico foi demitido pelo Palmeiras antes do clube contratar Abel Ferreira, que já tem ideia de qual time vai usar na final.

De acordo com o jornalista argentino, muitas coisas mudaram no time. Héctor Martínez foi para o River Plate e Rafael Delgado saiu também. O sistema de jogo é diferente e o time está “desencaixado”.

Dino Villalba confessou ao Esporte News Mundo que o Defensa y Justicia está completamente diferente do que foi campeão da Copa Sul-Americana, muito por conta das mudanças feitas pelo novo técnico. Segundo ele, o time “está jogando cada vez pior” e muitas trocas questionáveis foram feitas por Beccacece.

De acordo com o jornalista, o Defensa y Justicia corre muito, pressiona bastante e perde o fôlego no segundo tempo, sem conseguir manter o ritmo. Além disso, Dino Villalba aponta que os argentinos só correm, sem saber para onde.

Com a bola nos pés, Dino avalia como “sem criação” e que o Defensa y Justicia não sabe bem o que fazer com a bola no pé. Entre os destaques da equipe, vale prestar atenção no zagueiro número 2, Adonis Frías, no atacante Walter Bou, camisa 7 e no goleiro e capitão Ezequiel Unsain.

Segundo ele, o Defensa y Justicia tem chance de vencer o Palmeiras, mas deve torcer para que o alviverde faça uma partida apática, tal qual fez na final da Libertadores da América contra o Santos para que isso aconteça.

Os dois times se enfrentam amanhã em Buenos Aires, no estádio Norberto Tomaghello, na Argentina, pelo jogo de ida da Recopa Sul-Americana às 21h30 e será o primeiro confronto entre os clubes na história e o Palmeiras chega invicto na temporada para a decisão.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top