Campeonato Brasileiro

Vojvoda comemora vitória e ressalta boa atuação: ‘Em todo momento eu vi um time que queria ganhar a partida’

Foto: Divulgação/TV Leão

O Fortaleza voltou a vencer em casa na última quarta (13), o Leão recebeu o Grêmio e saiu vitorioso pelo placar de 1 a 0, Pikachu marcou o gol da vitória. Após a partida, o técnico tricolor Juan Pablo Vojvoda concedeu entrevista coletiva, Vojvoda falou sobre os fatores que influenciaram na vitória, as chances de gols criadas durante a partida e os jogos do Campeonato Brasileiro.

+ LEIA MAIS | Atuações ENM: Pikachu decide, Romarinho entra bem e Matheus Vargas é destaque

Quais fatores influenciaram na vitória sobre o Grêmio

Vojvoda iniciou sua coletiva falando sobre a partida, fazendo uma breve análise do jogo e destacando a obediência tática dos jogadores para sair vitorioso da partida.

“Acho que a partida foi muito intensa por parte do Fortaleza. Em todo momento eu vi um time que queria ganhar a partida. O primeiro tempo foi um bom primeiro tempo, teve dez minutos onde o adversário teve um pouco do controle da bola, com algumas finalizações, mas nós tivemos muitas finalizações. Chutamos ao gol no primeiro e mais no segundo tempo. Fortaleza fez um jogo inteligente, mas também um jogo ambicioso, com ambição e uma mentalidade vencedora. Isso é muito importante nessa parte do Brasileirão”

O placar foi justo ou cabia mais?

Vojvoda falou sobre as chances criadas pelo Fortaleza durante a partida, muitas desperdiçadas porém uma clara melhora no setor de criação.

“Acredito que Fortaleza fez muitas finalizações, mais de vinte. Logicamente, não foram (todas) oportunidades claras de gol, mas acho que tivemos quatro ou cinco oportunidades claras. O futebol muitas vezes se dá com esse tipo de resultado muito justo. O adversário jogou muito, mas nós jogamos muito também. Para nós, cada partida é muito importante”

Para saber tudo sobre o Fortaleza, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram.

Os jogos no Brasileiro

Por fim, Vojvoda falou sobre a sequência de jogos que tem no Campeonato Brasileiro, a dificuldade de todas as partidas disputadas, seja com quem briga para não cair a quem briga por título.

“A competência do Brasileiro é muito agressiva. Talvez porque se joga a cada três dias. Eu gosto disso. É um campeonato apaixonante. Segundo turno é sempre complicado. Os adversários jogam cada vez mais. Tanto o que está na zona de rebaixamento quanto o que está buscando classificação para Copas Libertadores ou Sul-Americana. Para isso, nos preparamos, para que cada partida, sabemos que será uma final”

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top