Lutas

Volkanovski afirma sonhar com luta contra McGregor: “Luto até no meio-médio”

Volkanovski
Reprodução/Instagram Alex Volkanovski

Alexander Volkanovski terá compromisso no próximo dia 9, enfrentando a Chan Sung Jung, o ‘Zumbi Coreano’ para defender o cinturão dos penas no UFC 273. Mas o australiano mira voos mais altos no futuro, como até mesmo encarar a maior estrela do MMA.

Ao site MMA News, Volkanovski revelou que seu grande sonho é um dia enfrentar Conor McGregor, que já foi campeão dos penas, mas não luta na categoria que o projetou para o estrelato mundial desde 2015, quando conquistou o título na épica vitória em 13 segundos sobre José Aldo. Ainda assim, o dono da categoria até 66kg está disposto a ir até onde for para lutar contra o irlandês se a oportunidade for lhe apresentada.

LEIA TAMBÉM

+ Lutador do UFC, Kevin Holland impede tiroteio em restaurante de Houston

– É óbvio que sempre vão falar no nome do Conor. Vocês tem que lembrar que ele era dos penas, foi campeão da minha divisão. E eu venci todos os que foram campeões. Só falta um, não é mesmo? Eu, Aldo, Max (Holloway) e o Conor. Faz sentido. Claro que é um sonho e, como já venci os outros campeões da divisão, seria algo incrível. E também tem a bolsa e tudo o que gira em torno de uma luta contra ele – afirmou o australiano.

– E tem que também falar do legado, porque ele nunca perdeu no peso-pena. Isso significaria algo, mas eu acho que ele não conseguiria mais bater o peso da divisão. Se a gente lutar, poderia ser em qualquer divisão. Luto até nos meio-médios (77kg), que seja. Mas agora me preocupo apenas com o Zumbi. Porque ele é o meu adversário agora – completou o campeão.

Subir de peso é uma das metas de Volkanovski para o futuro próximo no UFC, talvez mirando a chance de subir ao peso-leve e talvez lutar por cinturão ali também. Mas não quer deixar de lado a divisão a qual atualmente reina e onde defenderá no próximo mês mais uma vez o título

– Quero ficar no peso-pena mesmo se eu subir. Quero lutar nas duas. Não digo que quero subir para os leves e ficar por lá. Quando as pessoas me perguntam sobre se quero subir de peso, respondo que quero ser duplo campeão. Quero ter os dois cinturões, ser o campeão dos leves e dos penas, é a minha visão. Não é só lutar entre os leves, mas como bato fácil o peso dos penas não há razão agora para eu subir – declarou.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top