Atlético-MG

Volta do Campeonato Mineiro é cancelada pelo Governo Estadual

Foto: Agência i7/Mineirão

O Campeonato Mineiro segue sem ter a sua data de retorno definida. A Federação Mineira de Futebol (FMF) publicou hoje (29) uma nota dizendo que as medidas de segurança que seriam implementadas para a volta do torneio não foram aprovadas pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG). “A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) entende a importância do futebol e do esporte na vida do brasileiro, mas nenhum protocolo seria adequado ao momento”, declarou a federação.

Este cancelamento acontece em um momento crítico da pandemia em Minas Gerais. Na última sexta-feira (26), o prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD) convocou uma coletiva para informar que a capital retornaria à fase zero do plano de reabertura, fechando novamente todos os serviços não essenciais. Já na última quarta (24), o governador Romeu Zema (Novo) afirmou em entrevista à TV Globo que há 90% de chance de acontecer um lockdown em Minas.

O cancelamento das partidas do Campeonato Mineiro aconteceu em 25 de março, por conta do Decreto de Calamidade Pública emitido pelo Governo Estadual. A FMF decidiu suspender, no primeiro momento, todas as atividades relacionados ao futebol até o dia 30 de abril.

Em junho, o presidente da FMF, Adriano Aro, teve uma reunião com o Secretário de Estado de Saúde, na qual foi definida uma data para o retorno do torneio: 26 de julho. Os jogos aconteceriam nas quartas e domingos, ao longo de três semanas, sem a presença das torcidas. O Campeonato Mineiro ainda tem duas rodadas da etapa regular para serem disputados, além das partidas de ida e volta das finais e semifinais.

Leia a nota na íntegra

O Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG) avaliou os protocolos apresentados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e pelos times mineiros, e que solicitava o retorno às atividades do futebol para o Campeonato Mineiro. Diante de um panorama com piora da situação epidemiológica e assistencial, em que, inclusive, foi recomendado o retorno de todos os municípios que aderiram a Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 nº 39 de 29 de abril de 2020 (Plano Minas Consciente) para a onda verde, a avaliação feita foi de que nenhum protocolo seria adequado ao momento. Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) entende a importância do futebol e do esporte na vida do brasileiro, mas nenhum protocolo seria adequado ao momento.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo