Conmebol Libertadores

Weverton fala de título e provocação de Gabigol: ‘Merece o que aconteceu’

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O goleiro Weverton foi mais uma vez fundamental para a conquista do Palmeiras na Taça Libertadores da América. Bastante seguro, o goleiro, que também tem sido lembrado por Tite nas convocações da seleção brasileira, foi um dos nomes mais importantes em toda a campanha. No Palmeiras desde a temporada 2018, Weverton conquistou a sua segunda Libertadores e falou emocionado sobre a conquista, além de ter abordado a provocação de Gabigol.

Inicialmente o goleiro do Palmeiras destacou que o fundamental era comemorar o título conquistado da Libertadores, além de ter lembrado todo o caminho que percorreu para chegar a esse patamar no clube paulista. Saindo de Rio Branco, no Acre, Weverton alcançou duas vezes a taça mais importante da América do Sul de maneira consecutiva.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

— Agora é tempo de agradecer e celebrar esse título. Eu confesso que a minha ficha ainda não caiu. Eu amo o futebol e me dedico muito a esse esporte. As vezes abro mão de coisas da minha vida particular para me dedicar a isso. Sou grato pelo minha cidade Rio Branco, do Acre e estou feliz de poder conquistar novamente a Libertadores — disse Weverton.

Quando perguntado sobre a provocação de Gabigol após ter marcado o gol de empate do Flamengo naquele momento, o goleiro palmeirense garantiu não ter visto o gesto do atacante rubro-negro, mas afirmou que, se de fato isso aconteceu, Gabigol teve uma derrota merecida.

— Eu nem vi provocação nenhuma. Só estava focado no que precisava ser feito. Deus é justo e se o Gabigol provocou, ele foi merecedor do que aconteceu depois, com o gol do Deyverson. Cada um comemora como quiser e nós comemoramos da nossa forma — finalizou Weverton.

Após empate por 1 a 1 no tempo normal, o Palmeiras garantiu o título com gol de Deyverson, que aproveitou erro da defesa do Flamengo para fazer o 2 a 1 e carimbar o título. Raphael Veiga e Gabigol haviam marcado um gol para cada lado durante os 90 minutos.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top