Outro lado

Torcedor cobra Whindersson para reforçar o Vasco e humorista responde: “Não vou gastar nada com time”

Whindersson recebeu cobranças da torcida vascaína
Whindersson em visita ao CT do Vasco. Foto: Reprodução/VascoTV

A tarde do humorista piauiense, Whindersson Nunes, começou de maneira diferente nesta quinta-feira (9). Na onda do torcedor botafoguense, animado com a contratação de Rafael com a ajuda de Felipe Neto e Marcelo Adnet, o torcedor vascaíno não ficou atrás e pediu ao humorista que se juntasse com outro influencer vascaíno e trouxesse de volta Philippe Coutinho.

Para a surpresa do torcedor, Whindersson respondeu e não foi da maneira que ele esperava, dizendo: “Tô financiando uma pesquisa pra um motor adaptado pra motorizar qualquer tipo de cadeira de rodas, e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buraco das estradas pra ninguém se acidentar a noite já q não tapam os buracos. Não vou gastar nada com time, só torcer.”

Whindersson respondeu a cobrança do torcedor vascaíno. Foto: Reprodução/Twitter

Vale lembrar que Whindersson já teve seu nome vinculado em uma compra de jogador para o cruz-maltino. Na época, tratava-se da compra do argentino Martin Benítez, atualmente no São Paulo e que teve a transação ligada ao humorista após uma resposta do mesmo em um post perguntando “quanto está o Benítez?”.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

Vale lembrar que Felipe Neto, com R$ 250 mil e Marcelo Adnet, se juntaram para trazer o lateral Rafael, ao Botafogo. O jogador mostra publicamente o amor ao alvinegro e disse que está realizando um sonho. Assim como Whindersson, Felipe também se pronunciou após o anúncio do novo número sete botafoguense: “Gostaria de deixar claro para a torcida botafoguense que só vou cobrar a devolução do valor emprestado caso aconteça o projeto da SA e o clube se acerte financeiramente.”

Whindersson tem uma luta, ainda sem data, combinada com Popó, ídolo do boxe brasileiro. Ambos vem trocando “provocações” nas redes sociais para alimentar o evento, como: “Irei bater em você como sua mãe te batia”, disse o ex-pugilista, e Whindersson respondeu dizendo “Pois me diga a data, príncipe, porque, que nem com a minha mãe, eu quero saber o dia e o horário que vou apanhar”.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top