e-Sports

Worlds2020: Coreia lidera a competição com três times no topo dos grupos; veja o resumo do 2º dia

Imagem: Divulgação/Riot Games

POR PEDRO DEL FABRO E RAPHAEL BARRETO

Na madrugada desse domingo (4), teve início o segundo dia da fase de grupos do mundial de League of Legends. Seis jogos ocorreram pelos os grupos B e C, com a Coreia assumindo a liderança da competição. Damwon, Gen. G e DRX já somam cinco vitórias no mundial e assumem a primeira colocação em seus grupos, desbancando o favoritismo chinês. Já os times norte-americanos enfrentam dificuldades, e ainda não venceram nenhum jogo. Acompanhe os resumos.

Machi mostra força da PCS e domina a Team Liquid

O início de partida foi muito movimentado, com o first blood garantido cedo pela Team Liquid na habilidade de CoreJJ para acertar as skills na botlane. O AD Carry, Tactical, ficou com o primeiro abate, mas rapidamente a Machi respondeu deixando Mission à frente de Jensen na Mid lane, em ótimo Gank do Volibear. Gemini, Jungler da equipe da PCS, reconheceu a bot lane como Weak Side antes do início da partida e foi muito efetivo em focar as lanes restantes. O urso ainda conseguiu deixar PK, o Top Laner da equipe, em vantagem, menos de dois minutos depois. Mesmo com a pressão inicial constante, feita por CoreJJ e Tactical, o time da Machi conseguiu descontar pela Top Lane executando um arauto clean, que avançou espaço no mapa até a segunda torre do Top. O objetivo foi respondido com o dragão do oceano feito para os norte-americanos.

Após isso, o time da Liquid optou por inverter as lanes, procurando manter esse cerco forte às torres. O time da Machi foi resiliente, focando objetivos e procurando vantagem no mapa, já que a composição com Ornn e Volibear tem muito potencial de iniciação. A Liquid reconheceu estar atrás e procurou levar para o Late, pensando na força da Orianna e do Graves de Broxah, que conseguiu bastante recursos. Aos 30 minutos de jogo, a Machi mostrou a força de uma frontline grande contra um time com poucas opções de engage. O Volibear de Gemini solou o dragão das nuvens e garantiu a alma facilmente; A Liquid só pôde assistir, sem opções para bater de frente pelo objetivo.

Minutos depois, com o mapa controlado pela Machi, eles conseguiram garantir o barão com uma contestação tardia da Liquid. No final, a pressão procurada pela Liquid foi melhor exercida pela Machi, que draftou melhor. Broxah não conseguiu entrar na partida e saiu muito decepcionado. Jensen também teve atuação fraca, sendo anulado pelo mid/jg da PCS.

Arte: Esporte News Mundo

Jogo emocionante, Backdoor de Ezreal e vitória da G2!

A chinesa Suning draftou dentro da zona de conforto e veio contra a europeia G2 garantindo pressão. Com bot e mid empurrados, o Lee Sin de SofM garantiu os dois arongueijos iniciais e vantagem no mapa. Enquanto Wunder se destacava com o Volibear ganhando trocas na top lane, Jankos tomou uma decisão duvidosa ao tentar trocar com o jungler adversário e foi explodido pela Syndra, que garantiu o first blood. Logo após, o dragão infernal foi feito facilmente para o time da LPL.

O time da G2 percebeu que necessitava movimentar mais o mapa para disputar os objetivos, a bot lane se deslocou para o top side e conseguiu dois abates para o Ezreal de Perkz além do Arauto. Do outro lado, a Ashe de huanfeng descontou com ouro das barricadas. Com seu Twisted Fate, Caps trabalhou as side lanes, enquanto a suning priorizou a rota do meio, visando travar o potencial de presença global do jogador. Em disputa pelo terceiro dragão do jogo, do oceano, a Suning controlou a visão e iniciou o objetivo. Jankos invadiu o covil aproveitando a bush adicional, o time da Suning controlou todo o dano no jogador, mas não viu o essencial: Caps na espreita. SofM estava sem smite e a estrela do mid laner brilhou – conseguiu roubar o objetivo apenas com o “Q” de Twisted Fate. Após isso, a G2 rotacionou em direção ao barão, mas foi travada com a morte de Jankos novamente.

Foi aí que a emoção começou. Mesmo com o contratempo do roubo, executando lutas superiores, a Suning garantiu a alma do oceano. Minutos depois, em uma luta longa, Caps flanqueou com a carta dourada, a G2 abateu a Syndra e respondeu com o Dragão ancião. A vantagem dos europeus os fez rotacionarem para o Barão e tentarem fechar a partida, mas a Suning lutou bem, mesmo com apenas uma torre de pé, e impediu o nexus de cair. Nisso, a Suning rushou a mid lane, mas a G2 reviveu para conseguir defender o nexus. O “toma lá, dá cá” terminou nas mãos de Perkz, que foi inteligente, utilizou o TP com seu Ezreal e executou um Backdoor com os membros restantes da suning sendo segurados por Caps e Mikyx. Depois disso foi correr pro abraço e vibrar pra alegria dos fãs da LEC.

Arte: Esporte News Mundo

Damwon confirma favoritismo e atropela Rogue

Com o primeiro draft mais diferenciado deste dia 2 do mundial pela fase de grupos, a Damwon trouxe uma Lulu top contra um Gangplank. Pelo lado da Rogue, a bot lane com Hans Sama e Vander optou novamente pelo potencial de dive, dessa vez com Kalista e Taric. Diferente da primeira partida dos europeus, não foi simples executar uma jogada agressiva do tipo tão cedo no jogo. Pelo lado da Damwon, a partida foi controlada no inicio com o Graves de Canyon, primeiro jogador que conseguiu encaixar o campeão. A Rogue acabou não conseguindo entrar em jogo e tentou apenas reagir – sem sucesso – às iniciativas dos coreanos.

A Kalista de Hans sama pouco conseguiu criar no jogo, com os dois solo laners atrás em recursos. Tanto em mapa quanto em objetivos, tudo foi dominado por Showmaker e Nuguri. Ambos conseguiram transferir as vantagens com a flexibilidade que uma Lulu e um Sylas trazem para a equipe. A organização da Damwon Gaming foi excepcional, mostrando todo o potencial que têm os times da LCK e provando a força da região, que vem para recuperar a hegemonia. A Rogue ainda teve o azar dos dragões elementais contra à equipe, sendo oceano e montanha primordiais para a composição da Damwon. Depois de controlar o mapa foi só partir para o barão, contestado por Inspired que não teve chances.

Arte: Esporte News Mundo

JDG é domina todo o jogo e vence a primeira partida

As surpresas da partida começaram ainda no draft de campeões. A JDG surpreendeu o PSG fazendo escolhas não muito comuns no meta atual. Principalmente com o Sylas na selva e Sett no topo, o time chinês provou sua superioridade. Aos 4 minutos, o caçador Kanavi abriu o placar de abates para a JDG. Com todas as rotas vencendo seus confrontos individuais, a selva ficou aberta para o Sylas dominar o mapa. Aos 9 minutos, o PSG ensaiou uma reação. Com a ajuda do teleporte do jogador do topo, o time conseguiu um abate no atirador adversário e foi rumo ao dragão. Mesmo sem a prioridade e sem seu atirador, a JDG conseguiu contestar o primeiro elemental da partida, controlando todo o início de jogo

A dominância exercida no começo do confronto se estendeu por todo o jogo. A presença global do suporte LvMao com seu o Pantheon, deu para a JDG muito espaço no mapa, garantindo bons dives nas torres T1 e não dando paz para seus adversários. Com 20 minutos, de partida a JDG já havia aberto uma uma diferença de 12 mil de ouro, sem perder sequer uma torre. O fim da partida ocorreu após uma luta no covil do Barão, que mesmo com um jogador a menos a JDG fez uma boa luta e garantiu o ace. Com a vitória o time chinês assumi a segunda colocação do grupo B, enquanto o PSG fica em último.

Arte: Esporte News Mundo

Gen. G vence a segunda partida e assumi a liderança do grupo C

A Gen. G fez um draft muito ofensivo com campeões lutadores e uma bot lane de Ezreal e Karma, enquanto a TSM apostou em uma composição de escalar com Zilean e Senna. O midlaner Bjergsen teve a última escolha do do pick e ban, mas enfrentou grandes dificuldades na rota. A Gen. G conquistou todos os objetivos iniciais: torre, dragão e arauto. E mesmo tendo perdido o primeiro abate para a Nidalee, o time conseguiu abrir uma vantagem de 2 mil de ouro. A TSM se segurou no placar de torres, mas a diferença de dragões elementais se tornou uma preocupação com o passar do tempo.

Aos 21 minutos, a composição da Team SoloMid passou a causar mais dano. Mesmo com dificuldades de vencer as lutas, a Gen. G conseguiu uma boa iniciação com a ultimate da Lillia e derrotou o terceiro elemental. Na jogada seguinte, após um abate sobre o Zilean pego fora de posição, o time coreano garantiu o Barão e abriu mais espaço no mapa. O atirador Ruler chamou responsabilidade de causar dano para seu time e com a Força da Trindade e a Muramana stackada em seu Ezreal, a Gen. G não deu tempo para a TSM crescer mais na partida. Fim de jogo aos 27 minutos. Gen. G assumi a liderança do grupo C, enquanto o time norte-americano fica na lanterna.

Arte: Esporte News Mundo

LGD vence Fnatic em jogo tenso

O último jogo do dia contou com os dois times criando composições fortes de luta. O jogo teve um início lento e estudado. A rota com mais ação foi a do topo, onde ocorreu o primeiro abate. O Sett do Bwipo, com ajuda do caçador, eliminou o Ornn do Langx que está invicto com o campeão. Mesmo com desvantagem de abates e de torres, o time chinês conseguiu controlar os dois primeiros dragões sem precisar lutar. Aos 17 minutos, os times se reuniram no covil do elemental de fogo, e mesmo com a Fnatic conquistando seu primeiro bônus, a luta ficou melhor para a LGD que respondeu em torres.

O jogo girou totalmente envolta da alma do infernal. Assim que o quarto dragão nasceu os times se enfrentaram na rota do meio. Com a vantagem adquirida pela Kindred do Peanut e as evoluções dos itens pelo Ornn, a LGD venceu a luta eliminando três adversários. Com 30 minutos de partida, o jogo ainda estava equilibrado. O que deixou o confronto tenso tornando qualquer erro fatal. O fim do jogo não podia ser diferente, o sexto dragão da partida nasceu e os times estavam prontos para batalhar pelo bônus, mas LGD estava em seu pico de poder e venceu a luta. O time chinês conquistou a alma e destruiu o nexus aos 34 minutos.

Arte: Esporte News Mundo

Veja a tabela da competição.

Imagem
Imagem: Divulgação/Riot Games
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top