e-Sports

Worlds2020: Team Liquid fica em primeiro e INTZ dá adeus; o melhor do DIA 4 do Mundial de LoL

Imagem: Divulgação/Riot Games.

POR PEDRO DEL FABRO E YURI DONEGATE

Na manhã desta segunda (28), aconteceu o quarto dia da fase de entrada do mundial. Os destaques ficaram para a Team Liquid que conquistou a primeira colocação do Grupo A, após vencer a Legacy na partida de desempate e a eliminação precoce da INTZ. Acompanhe os resumos dos jogos.

TEAM LIQUID TIRA A INVENCIBILIDADE DA SUPERMASSIVE

A primeira partida da manhã começou com a SuperMassive indo pra cima da Team Liquid, a equipe turca conseguiu o first blood após um bom dive executado na rota do topo, onde o atirador “Zeitnot” conseguiu eliminar o jogador da rota do topo da Team Liquid, “Impact”. Além do primeiro abate, a SuperMassive conseguiu conquistar a primeira torre da partida com a utilização do arauto.

A Team Liquid não se intimidou com a vontade de seu adversário, com mais controle do mapa, a equipe norte-americana dominou os objetivos e lutava melhor contra a SuperMassive. A Team Liquid conquistou três dragões, um arauto e um barão, enquanto a SuperMassive conquistou um arauto e um dragão.

A jogada decisiva da partida aconteceu no covil do dragão, a alma do dragão do oceano estava em jogo para a Liquid, a SuperMassive precisava contestar, mas não conseguiram. A luta no covil do dragão resultou em um ACE da equipe norte-americana e consequentemente no fim de jogo aos 30 minutos. Com a vitória, a Team Liquid ficou com 3-0 na tabela, enquanto a SuperMassive ficou com 2-1.

Arte: Esporte News Mundo.

LEGACY VENCE A MAD LIONS

O segundo confronto da manhã começou com a agressividade das duas equipes, a MAD Lions conquistou o first blood na rota inferior, onde o atirador “Carzzy” eliminou o suporte “Isles” da Legacy. Em contrapartida a Legacy respondeu muito bem as iniciações que a equipe europeia tentava, conquistando a primeira torre, abates importantes e quase que a totalidade dos objetivos. A Legacy conquistou dois arautos, quatro dragões, alma do oceano e um barão, enquanto a MAD Lions conquistou apenas um dragão do oceano.

A batalha mais importante do jogo aconteceu no rio para a conquista do segundo barão da partida, as duas equipes se juntaram para lutar e no confronto de cinco contra cinco a Legacy estava mais forte, eliminaram quatro jogadores da MAD Lions e não precisaram mais do efeito do barão para terminar o jogo, não havia mais defesas, invadiram a base da equipe europeia e deram números finais ao jogo. Com a vitória, a Legacy ficou com 2-1 na tabela, enquanto a MAD Lions ficou 1-3.

Arte: Esporte News Mundo.

INTZ VENCE A TEAM LIQUID E FORÇA DOIS DESEMPATES

A terceira partida começou com uma INTZ diferente, criando jogadas e jogando de forma agressiva. A equipe brasileira conseguiu o first blood para o caçador “Shini” que eliminou o caçador da Team Liquid, “Broxah”. Os objetivos da partida ficaram em sua maioria para a INTZ, a equipe brasileira conquistou um arauto, três dragões e dois barões, enquanto a Team Liquid obteve um arauto e dois dragões.

Com a vitória a INTZ ficou 1-3 e a Team Liquid ficou 3-1, as duas equipes foram para o desempate, os brasileiros disputam a quarta colocação do grupo, enquanto a TL o primeiro lugar.

Veja como foi a participação da INTZ no quarto dia do Mundial.

LEGACY VENCE A SUPERMASSIVE E VAI PARA O DESEMPATE DA LIDERANÇA

Se Unicorns of Love e V3 no primeiro dia foi caótico, Oceania e Turquia atualizaram as definições de caos. Esse foi o confronto que deixava viva a chance das equipes para a classificação direta do Play-In. A Legacy optou por uma Bot Lane Poke, com Ezreal e Karma – campeã que apareceu pela primeira vez no mundial. Do lado da Papara Supermassive a Lulu, característica do Mid laner da equipe, foi escolhida mais uma vez. A intenção da campeã era sincronizar com aphelios na bot lane, mas a ideia não deu muito certo para os turcos, que não conseguiram escalar as habilidades e recursos dentro do mapa. Sem tempo para entrar no jogo, com lutas que pareciam infinitas, a bot lane da SUP não teve chances para confrontar o Ezreal que se transformou em uma bola de neve.

No início da partida a Legacy procurou estabelecer visão no mapa com invasões rápidas, mas a supermassive respondeu na habilidade e presença de Armut com o campeão Wukong, que garantiu o First Blood. A SUP conseguiu dominar os dragões, respondendo o Ezreal da Legacy que foi o destaque da partida, crescendo muito rápido com a pressão de cerco exercida pelo time da Oceania. Próximo aos 20 minutos de jogo, em disputa pelo terceiro dragão da partida, as duas equipes protagonizaram um show de skill shots no covil do dragão que pareceu um mini “aram” dentro de summoners rift. A luta durou muito tempo com a Supermassive acuada e não é novidade o que um Ezreal pode fazer em longas Team Fights. Embora tenham garantido o dragão, a Supermassive acabou cedendo mais e mais abates para o Ezreal, que completou o jogo com 15 no total. Em um dia de surpresas e superações das regiões minors, a Legacy conseguiu vencer na partida mais diferente até o momento.

Arte: Esporte News Mundo.

MAD LIONS VENCE E ELIMINA A INTZ

A partida de desempate começou com muito equilíbrio, o first blood ficou nas mãos do “Tay”, jogador da rota do topo da INTZ que eliminou “Orome”, topo da MAD Lions. A INTZ possuía o domínio da parte superior do mapa, enquanto a MAD Lions jogava na parte inferior, isto se refletiu nos objetivos iniciais da partida. Os intrépidos conquistaram os dois arautos e os europeus ficaram com os dois primeiros dragões.

A MAD Lions seguiu conquistando os dragões, até a alma do oceano, que dificultou muito a vida da equipe brasileira nas lutas. A luta final foi no covil do barão, a INTZ sofreu quatro eliminações e os europeus desistiram do efeito, pois o caminho mais rápido era a rota do meio. Antes que os jogadores da INTZ pudessem defender a base, terminaram a partida aos 37 minutos.

Veja como foi a participação da INTZ no quarto dia do Mundial.

TEAM LIQUID VENCE A LEGACY E GARANTE VAGA NA FASE DE GRUPOS

Team Liquid e Legacy decidiram o primeiro lugar do Grupo A na partida mais rápida do mundial até aqui! Após o tropeço contra a INTZ, a Liquid mostrou a que veio desde o início da partida, ditando o ritmo do jogo, sem falhas. Aos 10 minutos a diferença de ouro entre as duas equipes já era de 4 mil a favor dos norte-americanos. Broxah dominou o mapa com seu Graves e não abriu espaços para o Kindred de Babip jogar. O mid laner da Legacy, Tally, MVP da partida anterior, começou jogando abaixo com seu Galio e ficou muito atrás da Syndra de Jensen.

No mid game, o arauto da Team Liquid abriu espaço no mapa para o líder do grupo A consolidar espaço no mapa, 10 mil de ouro de vantagem e o terceiro dragão, completando um triple buff: inferno, nuvens e oceano. Logo após do arauto ser aproveitado na mid lane e o dragão ser executado, a Liquid forçou lutas na rota do meio aproveitando os recursos e a força de Jensen e Broxah, muito à frente dos adversários. Apenas 20 minutos foram necessários para a partida ser finalizada com maestria por uma das favoritas para o título do Worlds 2020.

Arte: Esporte News Mundo.

Veja o chaveamento das partidas melhor de cinco da Fase de Entrada do Mundial:

Imagem: Divulgação/Riot Games.

Mundial de League of Legends você acompanha no ENM.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top