Lutas

Yoel Romero é retirado de torneio dos meio-pesados do Bellator por ‘problema médico’

Yoel Romero
Foto: Marcus Stevens/Imago Images

Uma das lutas mais aguardadas da temporada 2021 do Bellator não deve mais acontecer. O duelo entre o americano Anthony ‘Rumble’ Johnson e o cubano Yoel Romero foi cancelado, segundo informação da CBS Sports e do MMAFighting.

A luta, que faria parte do GP dos meio-pesados da organização estava marcada para o próximo dia 7 foi cancelada devido a um ‘problema médico’ do cubano. Segundo um comunicado emitido pelo Bellator, Romero não passou nos exames médicos prévios para todos os participantes do card e por isso foi retirado do evento e também do torneio.

O que teria causado tal problema que levaria ao cancelamento da luta não foi revelado. A entidade presidida por Scott Coker decidiu por manter ‘Rumble’ no torneio e decidirá se haverá algum lutador que substituirá o ‘Soldier of God’ na competição entre meios-pesados.

— Me doeu saber dessa notícia (do cancelamento da luta), mas espero que o Yoel possa se recuperar do que está acontecendo com ele e poder competir novamente – disse Johnson em suas redes sociais.

Yoel Romero chegou ao Bellator depois de uma passagem de sucesso pelo UFC. Um dos mais badalados pesos-médios da organização, o cubano teve várias vitórias importantes no Ultimate, mas ficou longe de conseguir a chance de ser campeão da categoria. Sua última luta havia sido em março, de 2020 quando não conseguiu tomar o cinturão de Israel Adesanya.

Em sua estreia pela organização, enfrentaria outro egresso do UFC. Johnson ficou conhecido pelo poder de seus socos e seus vários nocautes. Afastado do MMA desde 2017, ‘Rumble’ decidiu retornar no Bellator e já teria como estreia o cubano, ambos considerados grandes estrelas para o futuro da organização.

Além do cancelamento da luta, a entidade decidiu por manter a luta entre Juan Archuleta e Sergio Pettis, pelo cinturão dos galos, como duelo principal do card do dia 7.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top