Santos

Zé Love relembra passagem vitoriosa pelo Santos

Foto: Reprodução / Santos FC

Na noite da última quinta-feira (01), o atacante Zé Love, que hoje está no Brasiliense, participou de uma live da Arquibancada Alvinegra, onde relembrou a trajetória no Santos FC e revelou sua fase na equipe do Distrito Federal.

Zé Love chegou ao Santos como meia-atacante em 2010, depois de passar pelo ABC de Natal. Até se firmar na equipe titular do Peixe, ficou um longo período no banco de reservas, mas sempre teve a confiança do treinador Dorival Júnior.
“Foram quase 7 meses no banco do Santos. Sabia que naquele momento era difícil ser titular com Neymar, Robinho e André no ataque”, recordou.

Mesmo com participações curtas, já que costumava entrar nos jogos ao final da segunda etapa, o atleta conseguiu se firmar marcando gols importantes para o clube. E logo no ano da chegada, ajudou o Peixe a vencer sua primeira Copa do Brasil.

No ano seguinte, Zé Love teve participação importante na Libertadores, conquistada sob o comando do técnico Muricy Ramalho.

“Eu fiz um gol contra o Mogi, no Paulista, e depois fiquei uma sequência de 14 jogos sem marcar. O Muricy disse que não ia me tirar do time, tinha confiança. E justamente no jogo de volta contra o Cerro Porteño, pela semifinal da Libertadores de 2011, consegui ajudar o grupo com um gol”, indicou.

A vitória por 1 a 0 no Pacaembu e o empate por 3 a 3 no estádio General Pablo Rojas (Paraguai) levaram o Santos à final contra o Peñarol.

CORAÇÃO SANTISTA

Mesmo com passagens em diferentes clubes do País, Zé Love sempre declarou sua torcida pelo Santos. A identificação com o clube teve início em 1995, ano em que a equipe terminou com o vice-campeonato do Brasileirão.

“Virei santista por causa do Giovanni. Na final daquele ano comprei uma boia de Baleia e fiquei dando voltas na cidade com meu pai, em uma kombi”, relembrou o atacante.

Por coincidência, a concentração do primeiro jogo de Zé Love no Santos foi com o ídolo Giovanni. “Eu olhava para ele e pensava se aquilo era verdade. Foi tudo muito especial”, pontuou.

Mesmo longe, garante que acompanha os jogos do Peixe sempre que possível. Rasgou elogios ao atacante Ângelo, de apenas 16 anos, e reconheceu as diversas oportunidades que o Peixe dá aos Meninos da Vila.

“Nenhum time costuma fazer o que o Santos faz. Independente se for bem ou mal, você vai ter uma sequência para mostrar o seu potencial”.

FASE ATUAL

Zé Love joga pelo Brasiliense desde 2020, clube no qual conquistou a Copa Verde em fevereiro deste ano e foi vice-artilheiro do Estadual e artilheiro da série D.

“Hoje estou muito feliz aqui. É um clube que vem montando um projeto muito bom, dá total confiança para a gente trabalhar”, declarou o camisa 9.

Aos 33 anos, deseja ajudar o Brasiliense a chegar em uma série de expressão. O contrato de Zé Love com o clube se encerra em outubro deste ano, mas o atacante deseja estender o vínculo. Mesmo assim, não descarta atuar mais uma vez com a camisa do Santos.

Quer saber mais sobre o Santos, siga o Esporte News Mundo pelo Twitter, Facebook e Instagram.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top