Futebol americano

Sul-Americano de Futebol Americano começa em Brasília 

Primeiro Sul-Americano de Futebol Americano começa nesta quarta em Brasília

Nesta quarta-feira (29, ) terá início em Brazlândia (DF) o primeiro Sul-Americano de uma das modalidades que mais cresce no país: o futebol americano. Pela primeira vez, o Brasil será sede de uma competição internacional da modalidade, após ter sediado um ano atrás uma competição internacional de flag football.
 
Anfitrião, o Brasil vai encarar um triangular contra as seleções da Colômbia e Chile. Mas o primeiro jogo da competição será exatamente entre os convidados. Chilenos e colombianos darão o kickoff oficial do Sul Americano nesta quarta-feira ás 18h (horário de Brasília) no Estádio Chapadinha, com entrada franca.
 
Para os colombianos, o Sul-Americano será a primeira oportunidade de enfrentar as seleções do Chile e do Brasil. Com jogadores que atuam no próprio país e também nos Estados Unidos e Panamá, a equipe está ansiosa pela oportunidade de enfrentar seus vizinhos continentais.
 
“Viemos para o Brasil com 38 jogadores e uma staff de treinadores com mais 10 pessoas. Estamos animados para nosso primeiro sul-americano representando a Colômbia e espero que consigamos fazer um bom trabalho”, comentou Andrés Felipe Villa, wide receiver da seleção colombiana e também presidente da FECOFA – Federação Colombiana de Futebol Americano.
 
“O mundo não conhece o futebol americano da Colômbia. Só temos dois jogos internacionais em nossa história, contra Peru e Panamá. Acredito que essa é uma boa oportunidade para que possam ver do que somos capazes e principalmente, que temos o suficiente para competir em alto nível”, completou.
 
Mais experientes que o adversário desta noite no cenário internacional, os chilenos acreditam que podem vencer a competição. A equipe tem participado de forma constante das últimas competições internacionais e isso é responsável pelo crescimento e evolução do esporte no país.
 
“Estamos muito concentrados para essa competição. Acredito que vamos fazer bons jogos e vamos com tudo para ganhar”, comentou Mauricio Alejandro Carcamo, quarterback e wide receiver da seleção chilena.
 
“Nossos dois times (ataque e defesa) estão bem preparados, e temos como obrigação jogar de forma intensa. A mesma intensidade que demonstramos em nossas equipes durante a temporada, é a mesma que vamos demonstrar aqui. Jogamos 100%, 150% sempre, e não baixamos a intensidade nunca. Aqui não será diferente”, destacou o detentor de oito títulos de MVP na carreira jogando o campeonato chileno.
 
Volta aos campos após seis anos – O Brasil Onças (como são chamadas as seleções brasileiras de futebol americano e flag football) é uma das principais forças do continente no que diz respeito à modalidade (se não for a maior), porém, a seleção masculina de futebol americano esteve distante dos gramados nos últimos seis anos.
 
O último duelo dos Onças foi contra a seleção argentina em dezembro de 2017, no estádio do Mineirão. Na ocasião, vitória brasileira debaixo de muita chuva, pelo placar de 38 a 00.
 
Finalmente de volta aos gramados, o Brasil Onças fará dois jogos em dois dias: encara a Colômbia na sexta-feira (01), e o Chile no sábado (02). Ambos os jogos no estádio Chapadinha, às 18h.
 
Para o head coach Brian Guzman, a competição será importante por se tratar de uma reativação da equipe após um longo hiato, e serve como início de preparação para o mundial da modalidade, previsto para acontecer em 2025.
 
“É uma reativação né? A última vez que estivemos em campo foi há seis anos atrás e muita coisa mudou desde então. Essa é uma oportunidade para reativar o Onças. Precisamos competir para evoluir a nossa seleção. Durante este período de hiato, o FABr evoluiu e a seleção. Tivemos um bom camp com a seleção ano passado, mas essa é a oportunidade perfeita para construir uma base de preparação para o mundial”, explicou Brian.
 
“Este Sul Americano é importante para as três seleções envolvidas, porque elas precisam jogar para se desenvolverem e se prepararem para os desafios futuros. E também é importante ressaltar a confiança desses países na nossa capacidade de organizar uma competição com essa. Esse protagonismo vai ser importante para o Brasil em todos os eventos futuros da modalidade”, completou o head coach
 
O Sul-Americano de Futebol Americano é organizado pela CBFA – Confederação Brasileira de Futebol Americano, com o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer de Brazlândia e da equipe Gama Leões de Judá Futebol Americano. A CBFA é membro da IFAF – Federação Internacional de Futebol Americano.
 
Confira abaixo a tabela completa do Sul-Americano de FA:
29 de novembro – Chile vs Colômbia
01 de dezembro – Colômbia vs Brasil
02 de dezembro – Brasil vs Chile
Todos os jogos serão às 18h e com entrada franca

                 
Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo