Basquete

Com apoio da torcida, Brasil vence os Estados Unidos e garante vaga na Copa do Mundo de Basquete

Brasil
Divulgação/FIBA

A Seleção Brasileira ganhou dos Estados Unidos, por 83 a 76, no Ginásio do Arnão, em Santa Cruz do Sul (RS), pela última rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de Basquete. O jogo foi bastante equilibrado, as duas equipes brigaram pela vitória até o fim, mas a consistência ofensiva da equipe da casa, e a noite inspirada do armador Yago Santos, resultaram em vitória e consequentemente a classificação para o mundial. Destaque para o cestinha da partida com 21 pontos e oito rebotes, Bruno Caboclo, e também para para Yago que foi muito decisivo na partida e anotou 17 pontos.

                 

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou num ritmo elevado, os times estavam trabalhando bastante a bola e conseguindo serem efetivos tanto da média distância quanto do perímetro. Os Estados Unidos começaram na frente, mas a Seleção Brasileira conseguiu virar o placar e abrir oito pontos de vantagem em 24×16.

O início do segundo quarto mostrou um jogo mais cadenciado, as equipes cometiam muitos erros ofensivos e defensivos em um quarto de poucos pontos, mas razoavelmente melhor para os estadunidenses. O Brasil viu sua vantagem do primeiro período cair pela metade e foi para o intervalo ganhando por quatro pontos, 39×35.

SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, o jogo foi ficando cada vez mais disputado, a Seleção Estadunidense chegou a passar na frente do placar durante o quarto, mas os brasileiros conseguiram trabalhar bem a bola, serem efetivos ofensivamente para tomar a dianteira do placar e ampliar a vantagem. O jogo foi para os últimos dez minutos com vantagem de oito pontos, 62×54.

O equilíbrio continuou na etapa final, os Estados Unidos chegaram a encostar no placar em algumas oportunidades, mas Yago e Caboclo estavam em um dia inspirado e não deixavam com que o americanos virassem a partida. A defesa brasileira estava concentrada e conseguiu limitar os ataques do adversários nos últimos minutos da partida. Em vantagem de sete pontos, a equipe da casa começou a gastar o tempo nos minutos finais, trabalhando a bola e sofrendo faltas para enfim garantir a vaga no Mundial.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo