Cruzeiro

Cruzeiro Associação marca eleições presidenciais para a próxima quinta-feira (26)

Associação do Cruzeiro terá nova diretoria a partir de 2024 (Foto: Staff Images/Cruzeiro)

Associação detém 10% do Cruzeiro e conhecerá os novos executivos na próxima semana

Foto: Staff Images/Cruzeiro

A Associação do Cruzeiro oficializou as eleições presidenciais para a composição da nova diretoria. O pleito será realizado na próxima quinta-feira (26), no Clube do Barro Preto, entre 15h às 20h30, com mais de 300 conselheiros aptos para votar. Com o fim do mandato do presidente Sérgio Santos Rodrigues, sem possibilidade de reeleição, duas chapas estão na disputa, em um cenário de ‘situação contra oposição’.

                 

A nova composição de executivos na Associação da Raposa, que ainda detém 10% dos direitos do clube, terá funções importantes pela frente. Além dos clubes sociais, o futuro presidente e seus vices serão responsáveis, por exemplo, pela relação com a SAF de Ronaldo Fenômeno, fortalecimento dos esportes especializados (Vôlei, Futebol Americano, etc.), andamento da Recuperação Judicial, dentre outras questões.

Conheça detalhes sobre os concorrentes na disputa:

CHAPA CRUZEIRO CONSCIENTE

A chapa de ‘situação’ terá Lidson Potsch para presidente. O candidato é o atual vice-presidente da atual gestão de Sérgio, eleito em 2020 no mandato tampão, e em seguida nas eleições do triênio 2021 – 2023. O dirigente já comandou o mesmo posto em que está por 18 anos. Ao seu lado, o engenheiro Clemenceau Chiabi como 1º vice-presidente, além do servidor público e conselheiro nato Waldeyr Estevão, como 2º vice.

Dentre as propostas da chapa, estão: promoção de eventos e projetos esportivos nos clubes sociais, promover esportes especializados por meio de parcerias, modernização do Estatuto Social, criação de um Memorial do Cruzeiro com a SAF, normas de transparência e o cumprimento dos pagamentos da Recuperação Judicial.

CHAPA DE PALESTRA A CRUZEIRO

No lado de ‘oposição’, o representante para presidente será Ronaldo Granata. Ele é ex-vice-presidente da Raposa, onde esteve entre 2018 e 2019, na gestão Wagner Pires de Sá. Ao final do último ano, renunciou em conjunto com os dirigentes, após o rebaixamento do Cruzeiro para a Série B do Campeonato Brasileiro e a série de investigações sobre irregularidades da diretoria na época.

Ao lado de Granata, compõem a chapa: O desembargador Antônio Carlos Cruvinel (1º vice), e o ex-presidente do Conselho Deliberativo da Raposa (2020 – 2022), Nagib Geraldo Simões.

Dentre as propostas descritas pelos candidatos, estão: apoio à SAF de forma institucional e pela Recuperação Judicial, gestão técnica, reestruturação dos clubes sociais, valorização dos grupos sociais, desenvolvimento dos esportes especializados e modernização do Estatuto Social.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo