Copa do Mundo - Qatar 2022

Diego Alonso não confirma mudanças no Uruguai, mas confia em recuperação

Foto: Mohamed Farag/Getty Images

O Uruguai ainda não venceu na atual edição da Copa do Mundo, mas ainda tem possibilidade de avançar às oitavas de final da competição. Para isso, no entanto, a equipe terá necessariamente que vencer o confronto direto contra Gana e ainda ficar na torcida para que Portugal não seja superado pela Coreia do Sul. Nesta quinta-feira (01), véspera da partida, o técnico Diego Alonso falou sobre as possibilidades do confronto e manteve o mistério com relação ao time que vai mandar a campo.

                 

A expectativa é de que o Uruguai entre em campo com novidades, principalmente com Arrascaeta e De La Cruz, que entraram bem durante o segundo tempo contra Portugal. Diego Alonso não descartou que possa usar os jogadores nesta partida, mas preferiu manter as dúvidas antes de a bola rolar.

Para saber tudo sobre a Copa do Mundo Qatar 2022, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

— São jogadores compatíveis e que podem atuar juntos, inclusive fizemos isso em alguns treinamentos. Confio na qualidade dos jogadores que temos. O Arrascaeta jogou duas partidas como titular e sabemos o que ele pode trazer ao nosso time. O De La Cruz ficou fora por lesão, mas depois também esteve presente em amistosos — afirmou Diego Alonso.

Além das mudanças de peças, o treinador uruguaio sabe que sua equipe precisa também mudar a postura. O Uruguai não teve atuações positivas nos dois primeiros jogos, mas tem qualidade o suficiente para fazer melhor. Confiante de que a equipe pode dar a volta por cima, Alonso lembrou que os uruguaios estavam em condição difícil durante as eliminatórias e mesmo assim conseguiram atingir a classificação.

— Somos os mesmos que, a determinada altura, estávamos obrigados a vencer quatro jogos na fase de qualificação para a Copa do Mundo e fizemos isso. É por essa sequência que estamos aqui. Mesmo que nossa intenção era estar em outra situação e mais confortável, sabemos que não é essa a realidade. Estamos unidos para fazer diferente e avançar — avaliou Alonso.

O jogo entre Uruguai e Gana carrega uma das mais incríveis histórias da Copa por um confronto ocorrido em 2010, na África do Sul. Na ocasião, as seleções se enfrentaram pelas quartas de final e empataram por 1 a 1. No entanto, os africanos tiveram a chance de marcar, mas o atacante Luis Suárez tirou com a mão um gol certo. A arbitragem marcou pênalti e expulsou o jogador uruguaio, mas a cobrança foi desperdiçada e os uruguaios se classificaram posteriormente.

— Não sei se Gana e os seus jogadores e responsáveis, além dos próprios torcedores, vão abordar o jogo com essa sede de vingança pela Copa de 2010. O que sei é que, para nós, é um jogo decisivo tento em vista a classificação para as oitavas de final — finalizou Alonso.

O Uruguai vai enfrentar a seleção de Gana nesta sexta-feira (02), às 12hs (de Brasília), no Al Janoub Stadium. Além disso, a seleção da América do Sul vai ficar na torcida pela seleção de Portugal, que mede forças no mesmo dia e horário contra a Coreia do Sul, no Estádio Cidade da Educação.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo