Lutas

Elizeu Capoeira recebe suspensão de um ano do UFC por uso de ostarina

O antidoping do UFC teve mais uma suspensão decretada. Nesta quarta-feira (21 ), o site MMAFighting informa que o brasileiro Elizeu Capoeira recebeu da Agência Antidopagem dos Estados Unidos (USADA) uma pena de um ano fora do octógono por ter sido pego em teste que detectou substância ilegal em seu organismo.

                 

A tal substância detectada em Elizeu é ostarina, um SARM (modulador específico de receptores androgênicos), produto considerado proibido nos códigos antidoping internacionais. O produto é um anabolizante e age na na estrutura muscular, sendo usado para aumento de performance. É a mesma substância que causou a suspensão de Tandara, da seleção feminina de vôlei, ao ser detectada no organismo do atleta.

LEIA TAMBÉM

+ Band usa Neto em ação inusitada para promover UFC na emissora

Tiago Okamura, empresário do lutador, revelou em comunicado que a substância fora detectada num teste feito antes de uma luta que faria contra Mounir Lazzez em abril. O resultado de tal amostra foi o suficiente para que fizesse o brasileiro deixar o evento e passar a ser investigado pela USADA.

Na investigação, a defesa de Elizeu Capoeira alegou que a ostarina presente no organismo do lutador teria vindo de uma contaminação acontecida pela farmácia de manipulação que fez suplementos usados pelo brasileiro à época. Okamura diz que o suplemento que teria causado o resultado positivo do antidoping fora detectado, mas o fato da farmácia ter negado responsabilidade no caso fez com que o lutador pudesse contestar a suspensão ou pedir uma pena reduzida.

– A farmácia negou que tivessem manipulado ostarina e até questionaram a amostra e a embalagem do produto. Com eles negando que misturaram ostarina no suplemento não rendendo a investigação, era a palavra deles contra a nossa. Infelizmente, como a USADA não tem a jurisdição sobre as farmácias brasileiras, eles não poderiam admitir para eles que erraram, porque o uso dela não é mais permitida e a manipulação dela é proibida pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Foram quase seis meses de briga para tentar limpar o nome dele com a USADA ou tentar reduzir a pena, fizemos tudo o que foi pedido, mas a gente não pode fazer a farmácia acatar – disse Okamura.

A suspensão de Elizeu Capoeira dura até abril de 2023. Em entrevista ao Ag. Fight, o lutador brasileiro lamentou a punição e disse que fora ‘prejudicado’ pelo problema por conta de não ter tido problemas anteriores com a farmácia usada.

– Fui prejudicado por terceiros. Você confia num laboratório e sai prejudicado. A gente sabe dos riscos nestas farmácias de manipulação, mas sempre fiz e nunca tive problema, desde antes de eu entrar lá no Jungle Fight. A gente fez pela garantia, porque a farmácia te garante. Você não vai comprar peixe e sair de lá com frango. Essa foi a situação. É até frustrante, até agora a ficha não caiu. Sempre fiz tudo direitinho, nunca tive problema algum com a USADA. É triste, infelizmente – disse o brasileiro.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo