Automobilismo

F1 pode voltar em julho na Áustria e GP Brasil fica ameaçado

Em reunião realizada, nesta quarta (22), entre chefes de equipes e diretores da Fórmula 1, foi sinalizada a possibilidade da temporada iniciar no GP de Spielberg, na Áustria, no dia 5 de julho e caso ocorra será com portões fechados por medidas de segurança devido à pandemia do novo coronavírus.

O GP de Spielberg pertence a equipe austríaca RBR e já tinha sido oferecido pelos diretores da escuderia para ser utilizado em mais de uma corrida, inclusive no seu traçado inverso, caso houvesse necessidade para a categoria.

O circuito fica numa região bem afastada dos grandes centros da Áustria e a ideia é confinar todos os profissionais nas instalações da Red Bull. Apenas os responsáveis pela transmissão televisiva e os fotógrafos oficiais serão autorizados a estarem no circuito, além deles os profissionais que são fundamentais para a realização do evento, como os fiscais de pista e médicos. O planejamento da organização é limitar a mil pessoas credenciadas.

Quem entrou na berlinda foi o GP Brasil. Devido a logística e a dificuldade financeira das equipes nesse período, fazem a corrida em São Paulo ser de difícil realização. A prova segue marcada para o dia 15 de novembro no autódromo de Interlagos.

Durante a próxima semana deve ser anunciado o novo calendário provisório da temporada 2020 da Fórmula 1.

Foto: Divulgação/Fórmula 1

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo