Futebol Internacional

França perde para a Dinamarca, mas escapa do rebaixamento da Nations League

Dinamarca França
Photo by LISELOTTE SABROE/Ritzau Scanpix/AFP via Getty Images

Apesar de grande susto, a França ainda conseguiu escapar de cair para a Liga B da Nations League. Neste domingo, 25, a equipe de Didier Dechamps perdeu por 2 a 0 para a Dinamarca e ficou em terceiro lugar no grupo A. Jogando fora de casa, os atuais campeões mundiais fizeram um primeiro tempo muito abaixo, viram Dolberg e Olsen anotarem os dois gols antes do fim da etapa e controlar o jogo sem tanto esforço nos 45 minutos finais.

                 

O primeiro tempo foi muito equilibrado e com boas chances para os dois lados. A França começou melhor, arriscando mais e buscando a todo momento garantir o gol e a vantagem no placar. A Dinamarca, jogando em casa, esperou a pressão dos minutos iniciais passar, controlou a bola e obrigou Areola a salvar os franceses em algumas oportunidades. No entanto, de tanto chegar na área adversária, as redes francesas foram balançadas.

Aos 33 minutos, Eriksen lançou Damsgaard, que dominou, cruzou e Dolberg apareceu para se jogar na bola e abrir o placar. Seis minutos depois foi a vez de Olsen ampliar para os donos da casa. Eriksen cobrou escanteio no segundo poste, Dolberg jogou na área e Delaney se esticou para encontrar Olsen na frente da área bater de primeira e fazer o segundo gol.

Os dois fortes golpes seguidos abalou a França, que já vinha desorganizada, deixando o meio-campo dinamarquês funcionar e que só piorou com o 2 a 0 no placar. Com as principais estrelas apagadas, os visitantes sucumbiram no primeiro tempo e torceram para o intervalo chegar para tentar arrumar os problemas no vestiário.

Em busca de conseguir diminuir o prejuízo, a França voltou melhor para o segundo tempo. Mesmo sem tanta efetividade e pressão pelo gol, os visitantes criaram mais e tiveram Mbappé travando um grande duelo com Schmeichel, mas com o goleiro levando melhor nas três oportunidades. A Dinamarca controlou os ânimos, soube se fechar quando necessário e não causou grande perigo na etapa final.

Depois de grande pressão, a França mexeu no time com várias substituições, mas que também não surtiram efeito. O time não criou mais, o cansaço prevaleceu e a Dinamarca passou a ter a posse até o fim do jogo. Apenas aguardando o fim do duelo, os mandantes fizeram a festa da torcida, colocou novos jogadores para terem chances e consumou a quarta vitória em seis jogos.

Com o revés, a França fica na terceira colocação do Grupo A com cinco pontos e não possui mais chances de alcançar a semifinal da competição. A Dinamarca, por outro lado, fica em segundo lugar com 12 pontos, mas viu a Croácia vencer a Áustria por 3 a 1 e ficar com a vaga para o final four da Nations League.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo