Campeonato Paulista

João Brigatti elogia evolução da equipe e processo de Pedrão

João Brigatti durante treinamento — Foto: Diego Almeida/PontePress

Apesar do resultado, o técnico pontepretano avaliou os aspectos positivos colhidos durante a sequência do Paulistão.

Foto: Diego Almeida/PontePress

A Ponte Preta empatou com o São Bernardo no último domingo (4), pelo placar de 3 a 3, em jogo válido pelo Campeonato Paulista. Os gols pontepretanos foram marcados por Jeh, Felipinho e Elvis, garantindo mais um ponto para a equipe na competição estadual.

                 

O jogo movimentado deixou a Macaca duas vezes à frente do placar, mas o time não conseguiu manter o resultado. Apesar do empate, o técnico João Brigatti preferiu observar pelo lado da evolução.

— É um processo de evolução desde a partida contra a Inter de Limeira. Conseguimos vencer a Portuguesa e hoje jogamos em cima do adversário. Existe um contexto, com atletas chegando e pouco tempo de preparação, então precisamos enaltecer os jogadores que estão nesta adaptação jogo após jogo. A tabela é difícil, o Paulistão é difícil, mas a gente está no caminho certo e acredito que conquistamos um pouco que será importante lá na frente — afirmou o treinador.

O desempenho defensivo foi o ponto negativo da Ponte Preta. Foram dois gols originados da bola parada e uma falha do goleiro Pedro Rocha nos minutos finais do primeiro tempo.

Apesar da falha de Pedrão em um dos gols marcados pelo Bernô, Brigatti não retirou os méritos conquistados pelo goleiro na sequência de jogos. Ocupando a saída de Caíque França, o arqueiro tem ganhado a confiança da torcida e renovou o contrato recentemente.

— Eu falei na estreia contra o Mirassol que a Ponte ganhou um goleiro. O Pedrão tem uma qualidade muito grande, mas falhas vão acontecer. A gente precisa dar moral porque ele nos salvou contra a Inter de Limeira e contra a Portuguesa. É um jogador em evolução e que vai nos ajudar muito. Hoje ele é titular por méritos — acrescentou.

A Ponte Preta volta a campo na próxima quarta-feira (7), às 19h (de Brasília), fora de casa.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo