Lutas

Justin Gaethje insinua que Conor McGregor estaria usando esteroides: “Não quero lutar com caras assim”

Reprodução/Instagram Justin Gaethje

A suspeita de Conor McGregor possa estar fazendo uso de alguma substância ilegal tem sido assunto de rumores entre os fãs de MMA, alimentados principalmente por fotos recentes do lutador e o recente histórico de testes do irlandês. E um dos potenciais rivais do ‘Notorious’ falou sobre o assunto.

                 

Justin Gaethje deu entrevista ao site MMAFighting e declarou que ‘não tem interesse’ em enfrentar McGregor, nem mesmo pelos possíveis lucros que esta luta pode oferecer, Uma das justificativas apresentadas foi o fato de que, quando poderia ter a oportunidade de o enfrentar, teria o preterido para enfrentar Donald Cerrone. Outra foi justamente a possibilidade aventada por tais rumores sobre suposto doping do irlandês.

– Se todo mundo conseguir se lembrar, eu lutei contra o ‘Cowboy’ (Cerrone). Eu o venci e depois o Conor foi lá e venceu o Donald. Eu estava pronto para lutar ali. Me parece que ele está usando esteroides agora. A USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) não tem o testado há um bom tempo. E eu quero uma competição justa – disse Gaethje.

LEIA TAMBÉM

+ José Aldo revela que tem ‘sonho’ de lutar boxe no futuro: “É uma possibilidade”

– Se ele está usando esteroides, me dê alguns e vamos lá. Minha saúde é prioridade. Nunca tomei anabolizantes antes e não quero lutar contra quem usa. Não sei nem como eles funcionam. Sei que existem ‘janelas’, mas sei que tudo vai dar certo. Acredito que o Conor pode voltar limpo e recuperado, mas o fato dele não estar sendo testado me diz que ele está usando, para curar a perna dele ou seja lá o que for – completou o americano.

Fotos de McGregor postadas nas redes sociais do lutador no qual este aparece com um porte físico bem diferente do que os fãs se acostumaram a ver no UFC, com mais massa muscular, contribuíram para que os rumores de tal suposto uso de doping começassem a acontecer. Tais suposições sobre se o ‘Notorious’ tem estendido a pausa que tem feito na carreira desde a lesão na perna sofrida na trilogia para Dustin Poirier para usar esteroides aumentaram ainda mais quando foi noticiado que o lutador não é testado pelo antidoping do UFC desde meados de 2021.

Na última semana, a USADA, parceira do Ultimate no programa antidoping do organização, publicou uma nota na qual falou sobre as condições as quais um atleta deverá ter para não ser mais testado e para poder voltar a lutar. Mas não quis falar em detalhe sobre o caso de McGregor, o que segue criando dúvidas em Gaethje e outros.

– Se eu quebrasse a perna, eu não iria tomar esteroides para me tratar. Ele teve a chance de lutar comigo, não quis e quis o ‘Cowboy’, então que seja. Acho que, hoje, ele se sente mais confiante para me vencer, e eu sei que ele não aceitou na época porque não estava tão confiante, então acho que ele pode estar pronto – comentou.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo