Futebol Internacional

Messi brilha, Barcelona vence Napoli e avança às quartas da Champions

Foto: Divulgação/Champions League/UEFA

RESUMÃO

Não tem crise que pare Lionel Messi. Com grande atuação do craque argentino, o Barcelona venceu o Napoli por 3 a 1, neste sábado, e avançou às quartas de final da Liga dos Campeões. Lenglet, Messi e Suárez marcaram para o Barça, enquanto que Insigne descontou para o Napoli, todos ainda no primeiro tempo. O clube italiano até que lutou e acreditou na classificação, mas não conseguiu segurar Messi e dá adeus à Champions League.

                 

1º TEMPO AGITADO

Nos 45 minutos inicias, quatro gols e muitas polêmicas. O Napoli começou melhor no jogo, acertou a trave no primeiro minuto, mas foi o Barcelona quem abriu o placar. Em escanteio cobrado por Rakitic, Lenglet subiu mais alto que a defesa e marcou. Em seguida, Messi deu uma de Messi. Aos trancos e barrancos, o craque argentino passou pela defesa adversária e finalizou quase deitado para ampliar. Ele ainda chegou a marcar o terceiro, mas o VAR anulou, considerando toque de mão. Quem marcou o terceiro foi Suárez, em pênalti sofrido por Messi e assinalado após consulta no VAR. Já nos acréscimos, Insigne descontou também de pênalti.

2º TEMPO DE POUCA INSPIRAÇÃO

Não faltou vontade para o Napoli. Precisando de dois gols, o time se lançou à frente, mas sem sucesso. Com boa atuação defensiva, o Barcelona soube suportar a pressão e apenas administrou a vantagem. Messi, Griezmann e Semedo, os três que estavam pendurados, não receberam cartão amarelo e estão confirmados nas quartas de final.

RUMO À LISBOA

Com a classificação garantida, o Barcelona viaja para a capital de Portugal, a sede da reta final da Liga dos Campeões. E já nas quartas de final, uma pedreira, com cara de decisão. Na próxima sexta-feira, às 16h, o clube enfrenta o Bayern de Munique em jogo único. Ganhou, passou. Perdeu, volta para casa.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

O feed do Twitter não está disponível no momento.
Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo