Futebol Feminino

Óscar Fernández, técnico do Atléti Feminino, comenta sobre desenvolvimento da categoria no Brasil: “Está crescendo”

Treinador comentou sobre a evolução do futebol feminino no Brasil. Foto: Guilherme Veiga/@BrasilLadiesCup
Treinador comentou sobre a evolução do futebol feminino no Brasil. Foto: Guilherme Veiga/@BrasilLadiesCup

Nesta semana, a Brasil Ladies Cup promoveu a Semana do Desenvolvimento do futebol feminino, com debates, palestras, fut talks e reflexões sobre o aprimoramento da modalidade. Óscar Fernández, técnico do Atlético de Madrid Feminino, e outros membros da comissão da equipe espanhola contaram sobre o trabalho realizado no clube e trataram sobre a evolução da categoria no Brasil.

                 

– Acompanho o futebol feminino há muito tempo e creio que está evoluindo bem. A verdade é que esta última temporada foi surpreendente, com muito mais nível e muitas equipes competitivas. Antes, o Corinthians ganhava a liga nacional com muita facilidade. Agora, clubes como Palmeiras, Ferroviária e Internacional possuem grandes equipes. Creio que todo o nível está crescendo e isso faz com que a liga fique cada vez mais bonita e com mais expectativa – afirmou o treinador.

Com o Programa de Otimização Qualitativa Individual, o time europeu faz uma análise de todas as atletas da equipe a partir de cinco tópicos: técnico, tático, mental, condicional e nutricional. Os Colchoneros contam com especialistas e grande investimento em tecnologia para aprimorar os aspectos coletivos e individuais da equipe.

+ Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook. 

O trabalho colocado em prática no Atlético de Madrid Feminino tem gerado resultados positivos e a equipe ocupa o terceiro lugar do campeonato nacional, com apenas uma derrota em oito partidas. O time apresenta um sólido sistema defensivo, que aparece como o segundo menos vazado da liga, com apenas seis gols sofridos na competição.

Com diversos desfalques, o time espanhol não obteve sucesso na segunda edição da Brasil Ladies Cup e foi eliminado logo na primeira fase do torneio. Ainda que não tenha avançado para a final, os representantes do clube que participaram da Semana do Desenvolvimento – como Iván Fernandez (gerente de equipe), Lola Romero (diretora de futebol feminino), Maria Vargas (diretora esportiva) e os membros da comissão técnica – valorizaram o certame e também as ativações extracampo.

– Para nós é muito bom vir para este tipo de torneio, porque o futebol é diferente na Espanha e no Brasil. Aqui, o ritmo, a intensidade e a agressividade são mais altas. Inclusive, os campos são bastante distintos, aqui há uma grama um pouco mais alta e pesada. Então, é muito importante participar deste evento e por isso viemos com uma equipe jovem, para que elas sigam crescendo e evoluindo. Estamos muito contentes em ter disputado este campeonato e muito agradecidos pelo convite da Federação Paulista de Futebol – encerrou Óscar Fernández.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo