Vasco

Paulo Bracks é demitido pela 777 e deixa a SAF do Vasco

Paulo Bracks deixa o Vasco (Foto: Daniel Ramalho/Vasco)

Paulo Bracks não é mais diretor esportivo da SAF do Vasco. O executivo foi comunicado na manhã desta quinta-feira sobre o desligamento

Foto: Daniel Ramalho/Vasco

Paulo Bracks não é mais diretor esportivo da SAF do Vasco. O executivo foi comunicado na manhã desta quinta-feira sobre o desligamento, um dia após o time confirmar a permanência na Série A, na última rodada do Campeonato Brasileiro. A decisão foi tomada pelo CEO Lúcio Barbosa, em conjunto com a 777 Partners. A informação foi dada inicialmente pelo “ge”.

                 

+ Vasco vence de forma heroica, escapa do rebaixamento e Ramón Diaz cumpre o que prometeu: ‘No va a bajar!’

+ Em tom de despedida, Paulo Henrique vibra com permanência do Vasco: ‘Um dos melhores dias da minha vida’

A queda do dirigente tem dois motivos. O primeiro é que o investimento feito pela 777 não foi condizente com a performance do time. A reformulação do elenco, liderada por Paulo Bracks, contou com mais de R$ 110 milhões investidos em reforços ao longo do ano. Ainda assim, o Vasco brigou para não cair durante todo o Brasileirão. Além disso, a empresa viu falta de planejamento na troca de técnicos.

A 777 ainda não tem um nome para substituir Bracks, mas tem pressa para encontrar um novo diretor e pretende anunciá-lo nos próximos dias. Até porque é o novo dirigente quem comandará o planejamento para a temporada 2024.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo