Vasco

Sá Pinto elogia Pikachu e enfatiza a situação do Vasco no Brasileiro: “Vai ser uma luta até o final”

Foto: RICARDO MORAES/POOL/AFP via Getty Images

O empate do Vasco por 0 a 0 contra a equipe do Fortaleza fez o técnico Ricardo Sá Pinto acender o sinal de alerta quanto a situação do time na tabela. Na coletiva após o jogo, o português além de dar destaque a atuação de Yago Pikachu, que foi titular no meio após o desfalque de Benítez, infectado pelo coronavírus e também falou sobre luta que o Cruz-Maltino terá até o final do campeonato.

– Vai ser uma luta até o final. Espero que não seja uma luta na parte de baixo, se ganhássemos estaríamos no 10º lugar. Falta ainda muita coisa, logicamente. Essas baixas de Covid-19, cartões, têm sido difíceis. Não sou uma pessoa de dar desculpas. Tenho que valorizar o que eu tenho e acreditar que eles vão conseguir o resultado positivo. É o que queremos e acreditamos. – declarou Sá Pinto.

O “Mister” destacou a atuação de Yago Pikachu, que esteve em campo na vaga do argentino Benítez, desfalque por COVID-19, e explicou a ausência de Juninho na equipe.

– Gostei do jogo do Pikachu, fez um bom jogo. Equilibrado, lutou, defendeu. Naquela posição, ele conhece bem, fez muito gols ali. Juninho estava parado, não está para 90 minutos, vai ser opção. Temos que perceber contra quem jogamos. Não temos a mínima duvida de que ele ofensivamente é um dos melhores jogadores.

O português minimizou o tropeço dentro de casa e valorizou o ponto conquistado em cima do Fortaleza na partida atrasada da 16ª rodada do Brasileirão.

– Quando não se pode ganhar, não podemos perder. Estamos há não sei quantos jogos sem sofrer gols. Claro que queríamos ganhar, os três pontos interessavam. Poderíamos ter marcado, tivemos várias oportunidades, mas eles também tiveram, são uma boa equipe. Poderíamos ter ganho, mas eles também poderiam. Temos que ganhar, mas não podemos perder. Não estou contente com o resultado, mas não foi possível. Temos que tirar o melhor do que foi possível.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top