Lutas

UFC Vegas 52: Jéssica Bate-Estaca vence Amanda Lemos em ‘festival’ de finalizações

Jéssica Bate-Estaca se preparando para luta (Foto: Divulgação/Instagrm Oficial UFC)
Divulgação/Instagrm Oficial UFC

Quem gosta de uma finalização do jeito que bom e velho jiu-jítsu manda deve ter curtido bastante o UFC deste final de semana, em Las Vegas (EUA). Quatro das cinco principais lutas do evento terminaram com os vencedores forçando a desistência dos rivais.

                 

Inclusive a luta principal, que envolveu as brasileiras Jéssica Bate-Estaca e Amanda Lemos. Em seu retorno à categoria dos palhas, a ex-campeã da categoria brilhou e finalizou a rival ainda no primeiro round para comemorar mais uma vitória.

LEIA TAMBÉM

+ Bellator: Com polêmica, Liz Carmouche conquista cinturão dos moscas

A luta

Foi Amanda Lemos quem começou a luta indo para encaixando socos e chutes, com Bate-Estaca estudando a rival e sem entrar muito na trocação, sua grande área no MMA. Depois de tomar um chute forte na perna, Jéssica tratou de responder pressionando a rival contra a grade.

Aí veio o momento da virada. A paranaense conseguiu encaixar o katagatame (triângulo de mão) em pé com Amanda contra a cerca. O modo espetacular como conseguiu a posição teve e foi premiado com uma vitória incrível da ex-campeã dos palhas do UFC.

Festa das finalizações

Não foi apenas Jéssica Bate-Estaca quem comemorou vitória usando deste artifício no Ultimate deste sábado. O peruano Claudio Puelles conseguiu uma vitória importante na carreira ao finalizar o veteraníssimo Clay Guida na chave de joelho, esta sua especialidade e que lhe rendeu vários triunfos na carreira.

Foi na guilhotina que Charles Jourdain e Marc-André Barriault fizeram a festa canadense do card principal do UFC Vegas 52. Jourdain venceu Lando Vannata nesta posição enquanto Barriault, na montada, conseguiu a vitória em cima de Jordan Wright.

Philipe Lins vence a primeira

Ex-campeão dos pesados na PFL, Philipe Lins não obteve sucesso na divisão em sua chegada ao UFC. Por isso, decidiu descer de divisão e viu a sorte mudar em sua luta contra o polonês Marcin Prachnio.

Depois de um primeiro round em que teve suas chances mas foi dominado na trocação, Lins conseguiu balançar o polonês no segundo round e fez a luta se tornar fortemente disputa, com ambos encaixando fortes golpes e incomodando bem na parte da luta em pé.

No terceiro round, foi no chão que Philipe conseguiu a chance de decidir a luta a seu favor. Dominante na maioria do tempo em que levou a luta para o solo e tendo sucesso nas quedas, o potiguar administrou a vantagem e conseguiu a vitória.

Resultados UFC Vegas 52 – Lemos x Andrade

Card principal

Jéssica Bate-Estaca venceu Amanda Lemos por finalização (3:31 do R1)

Claudio Puelles venceu Clay Guida por finalização (3:01 do R1)

Maycee Barber venceu Montana de la Rosa por decisão unânime dos juízes

Charles Jourdain venceu Lando Vannata por finalização (2:32 do R1)

Marc-André Barriault venceu Jordan Wright por finalização (2:36 do R1)

Card preliminar

Sergey Khandozhko venceu Dwight Grant por nocaute técnico (4:15 do R2)

Tyson Pedro venceu Ike Villaneuva por nocaute técnico (4:55 do R1)

Aori Qileng venceu Cameron Else por nocaute técnico (2:38 do R2)

Preston Parsons venceu Evan Elder por decisão unânime dos juízes

Philipe Lins venceu Marcin Prachnio por decisão unânime dos juízes

Mike Jackson venceu por desqualificação/dedada no olho (3:52 do R1)

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo