Automobilismo

Williams confirma George Rusell e Nicholas Latifi como dupla de pilotos para 2021

Foto: Reprodução/Williams

Algo que é comum acontecer na Fórmula 1 apenas na segunda metade da temporada, vem sendo antecipado pelas equipes por conta da pandemia do Coronavírus: o anúncio dos pilotos que as equipes escolhem para a próxima temporada. A Williams é mais uma escuderia a definir sua dupla para 2021, confirmando que George Rusell e Nicholas Latifi vão permanecer como titulares no ano que vem.

A informação também foi confirmada pelos dois pilotos. O novo contrato de George Rusell vai até o fim de 2021, enquanto Nicholas Latifi renovou por três temporadas. Com os problemas financeiros que a Williams vem sofrendo nos últimos anos, os pilotos ainda não pontuaram nesta temporada, mas apenas no primeiro GP, com Rusell, a equipe não conseguiu completar a prova.

George Russell está com 22 anos e vem na sua segunda temporada na Fórmula 1. Ele é membro da academia de pilotos da Mercedes e seu nome vem sendo especulado na equipe alemã por dois motivos: o primeiro é porque Valtteri Bottas ainda não foi confirmado para o ano que vem. O contrato do finlandês se encerra no fim deste ano, assim como o de Lewis Hamilton. O hexacampeão mundial ainda não chegou a acordo para a sua renovação.

Já Nicholas Latifi tem 25 anos e está na sua primeira temporada como titular de uma equipe de Fórmula 1. Ele chegou a categoria em 2016, sendo piloto de testes da Renault. Em 2018, teve a mesma função na Force India, até que chegou a Williams na temporada passada, também na condição de reserva. No fim de novembro do ano passado, o time inglês anunciou Latifi como piloto titular ao lado de George Russell, substituindo Robert Kubica.

Com o anúncio, a Williams é a quinta equipe da Fórmula 1 a ter uma dupla confirmada para 2021. Na Mclaren Daniel Ricciardo e Lando Norris serão os pilotos. A Ferrari já confirmou Charles Leclerc           e Carlos Sainz. A Racing Point deve seguir com Lance Stroll e Sergio Pérez. A Renault já anunciou o retorno de Fernando Alonso, que terá como companheiro Esteban Ocon.

Neste fim de semana, acontece o terceiro grande prêmio de 2020, na Hungria.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top