Campeonato Brasileiro

Em jogo com duas expulsões e erro de arbitragem, Chapecoense e Flamengo empatam pelo Brasileirão

Alexandre Vidal/Flamengo

Chapecoense e Flamengo se enfrentaram nessa noite de segunda-feira (8), na Arena Condá, em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terminou empatada, por 2 a 2, com gols de Kaio Nunes pela Chape e de Matheuzinho e Michael pelo Flamengo.

Com mais um empate, a Chapecoense continua na lanterna com 15 pontos. Já o Flamengo desperdiçou a chance de voltar para a segunda colocação e vai continuara no 3º lugar com 54 pontos, atrás de Atlético-MG e Palmeiras.

A Chapecoense, agora tem a semana toda para se preparar para o confronto contra o Juventude, no próximo domingo (14), às 19h, fora de casa. Já o Flamengo volta a campo na quinta-feira (11), quando recebe o Bahia, às 19h, no Maracanã.

Para saber tudo sobre o Campeonato Brasileiro, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Grande primeiro tempo

O primeiro tempo foi de uma excelente partida de futebol. O jogo começou com o Flamengo tendo mais a bola, mas com a Chapecoense tendo as melhores chances. No entanto, foi o Flamengo que abriu o placar com Matheuzinho, aos 26 minutos, em linda jogada individual. Porém, logo depois, Kaio Nunes empatou para a Chape, em lance polêmico. Após chute do atacante, houveram dúvidas se a bola havia entrado ou não, mas o tento acabou sendo confirmado. Depois, aos 35, o próprio Kaio Nunes virou a partida para a Chapecoense de cabeça. Na reta final, todavia, o Rubro-Negro voltou a empatar. Aos 41, Michael fez um belo gol, driblando Keiller, e igualando o marcador em ótimo primeiro tempo.

Segundo tempo de expulsões

Na segunda etapa o Flamengo começou igual ao primeiro tempo, controlando a bola e deixando a Chape contra atacar. Diante desta pressão do Rubro-Negro, aos 14 minutos o artilheiro da noite, Kaio Nunes, acabou expulso por uma falta em Everton Ribeiro, na entrada da área. No entanto, mesmo com a vantagem numérica, o Fla não conseguiu achar o gol da vitória. Pressionado pelo mal resultado, o time carioca perdeu a cabeça, e o meia Everton Ribeiro também acabou expulso por pisar no meia Alan Santos da Chapecoense. Placar final de 2 a 2.

Polêmica de arbitragem

Ainda no final do primeiro tempo, um lance causou extrema revolta por parte da equipe do Flamengo. Em lançamento da zaga, Gabigol arranca em velocidade e ia driblando Keiller, quando a arbitragem para a jogada por impedimento. No entanto, o atacante havia arrancado do campo de defesa, o que garante posição legal. Além desse erro técnico, a regra com o VAR pede que se espere a conclusão do lance para assinalar impedimento, e isso não foi cumprido, já que o artilheiro não pode finalizar em gol antes do apito. Erro que foi muito cobrado no intervalo, por Renato Gaúcho, e também por William Arão, depois do apito final.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR MAIS DESTE TEMPO REAL
Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top