Vôlei

Maior pontuadora na vitória sobre a Bélgica, Tainara vibra com classificação do Brasil no Mundial de vôlei

tainara e gabi vibram brasil mundial de volei
(Divulgação/FIVB)

Tainara foi a principal pontuadora da partida desse sábado (08) que o Brasil levou a melhor sobre a Bélgica por 3 sets a 1. A oposta contribuiu com 22 acertos e ajudou a seleção feminina a confirmar a classificação para a quartas de final do Mundial de vôlei em segundo do grupo E. Sem saber o que é derrota na segunda fase, a jogadora analisou o crescimento do time ao longo da competição e vibrou com o comprometimento do grupo brasileiro.

                 

Siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

– Primeiro eu quero expressar a minha felicidade por a gente ter se classificado, acho que foram duas fases muito difíceis, aonde todo mundo foi muito importante pro time. Acho que tudo fez com que a gente se juntasse mais, pra poder chegar nessa fase muito mais forte. Essa sequência foi muito complicada pra gente, desde o primeiro jogo contra a Itália, mas a gente conseguiu se juntar como equipe, um grupo e jogar juntas que foi o mais importante e foi o que fez a gente vencer todos os jogos (da segunda fase) – disse em entrevista à assessoria da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV).

No jogo desse sábado (08), Tainara aniquilou a recepção belga nas suas passagens pela linha de saque, com excelente aproveitamento no fundamento, tendo anotado dois aces. No total da partida, foram cinco pontos de saque.

+ Já classificado, Brasil vence a Bélgica de virada e aguarda a definição do adversário das quartas do Mundial de vôlei

– Agora é pensar na próxima fase. Com certeza vai ser um milhão de vezes mais difícil que essa, mas eu tô muito feliz de ter conseguido mostrar o meu jogo hoje um pouco, nos outros jogos eu estava um pouco pra baixo. Não abaixo do que eu poderia dar pro time, mas hoje eu vim mais confiante, até mesmo no saque que era uma coisa que pra mim tava muito assim no meu pé, no meu tendão de Aquiles, porque eu gosto porque o lançamento era muito complicado. Mas eu consegui fluir e é isso aí, levar a confiança pra próxima fase que vai ser muito mais difícil – completou.

A Seleção Brasileira ainda não conhece o adversário das quartas de final. Nesse domingo (09), China e Bélgica duelam pela quarta vaga do grupo E na próxima fase, enquanto o Japão encara a já eliminada Holanda para assegurar a sua classificação.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo