Athletico

Athletico se posiciona a favor da MP sobre direitos de transmissão

Presidente do Athletico, Mário Celso Petraglia Foto: Divulgação/AthleticoPr

Na última sexta-feira (4) em suas redes sociais, o presidente do Athletico, Mário Celso Petraglia, se pronunciou a respeito da Medida Provisória 984/2020. A MP altera as regras de direitos de transmissão de futebol no Brasil, garantindo o direito ao mandante da partida. Petraglia disse em sua conta no Twitter que pretende transmitir todos os jogos como mandante até 2024, e criticou o valor oferecido pelo Pay-per-view da Rede Globo.


O Athletico foi um dos clubes que mais lucrou com as cotas de transmissão no ano passado. Contando apenas TV aberta e fechada, o clube recebeu o R$66.900.006,00 ficando atrás apenas do Flamengo nesta categoria. Como a Globo tinha apenas direito na TV aberta sobre os jogos do Athletico e o clube teve bom desempenho na temporada, a emissora transmitiu 18 jogos da equipe durante o Brasileirão. A maioria das transmissões do clube paranaense foram veiculados apenas para o Estado do Paraná ou utilizando o site do Globo Esporte.


Vale lembrar que o clube é pioneiro no país em transmissões online. Ao lado do Coritiba, o Furacão bateu de frente com a Federação Paranaense de Futebol (FPF) e a Rede Globo no estadual de 2017 e transmitiu o clássico contra o Coritiba pelo Youtube oficial do clube. Na ocasião, ambas as equipes não haviam aceitado os contratos de direitos de transmissões ofertados. O o clube também é o primeiro a ter uma plataforma de streaming.

A expectativa que fica com esta decisão é que o clube possa aumentar ainda mais seu faturamento com os direitos de transmissão. A MP tem validade de 120 dias e ainda será votada pelo Congresso Nacional, podendo ser aprovada ou arquivada.

Para saber tudo sobre o Athletico, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top