Atlético-MG

Cuca chama responsabilidade pela derrota e manda mensagem para torcida do Atlético-MG: ‘Precisamos de vocês’

Foto: Reprodução/Canal oficial do Atlético-MG no YouTube

O Atlético-MG perdeu de virada para o Atlético-GO, por 2 a 1, no estádio Antônio Accioly, neste domingo (17). Logo após o término da partida, o técnico Cuca concedeu entrevista coletiva assumindo a responsabilidade pela derrota no confronto.

O comandante alvinegro ressaltou a sua importância em recolocar a equipe no caminho certo, assumiu a derrota e disse que as trocas não foram eficazes. No entanto, afirmou que tropeços ainda acontecerão e o clube precisa ter “costas largas” para absorver o impacto.

– É um trabalho meu e tem que existir. O comandante nestas horas tem que colocar o navio no caminho certo. Não é um descuido que vai nos fazer perder a rota. Tínhamos antes do jogo 39 pontos a disputar. Se ganhássemos todos, faríamos 95 pontos, que é praticamente impossível. Então, vamos perder mais 10 ou 12 pontos aí. Ninguém será perfeito de vencer todas as partidas. Temos que ter alicerce, estrutura e costas largas para absolver o impacto grande de uma derrota. Sou eu o culpado e quarta-feira eu os cobro para fazer um jogo bom e vencer. Assumo a derrota, assim como ajudei em algumas derrotas. Hoje, as próprias trocas não foram eficazes.

Cuca, manteve o discurso de trabalhar a equipe para a recuperação em cima da derrota do Atlético. O treinador afirmou que as coisas tem um motivo na vida.

– A vida continua e hoje já recomeçamos no vestiário o trabalho. Temos que saber administrar o tropeço e ter a responsabilidade maior. Às vezes não entendemos as obras de Deus num primeiro momento, mas tudo tem um motivo na vida. Tenho muita fé que as coisas acontecem para te abrir o olho. O torcedor está triste, mas não pode perder a confiança.

Para ficar informado sobre tudo acontece com o Atlético-MG, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

“A GENTE PRECISA DE VOCÊS”

Por fim, Cuca pediu a palavra para falar com a torcida do Atlético. O comandante do Galo disse entender a revolta pela derrota, mas pediu para que o apoio se mantivesse e prometeu dar a vida nos jogos.

– O torcedor está triste e chateado, mas não perca a confiança. A gente precisa de você junto com a gente nessa empreitada que estamos. Acidentes vão ocorrer, como aconteceu hoje, mas a gente promete deixar a vida lá dentro. As vezes a gente não consegue 100%, mas vamos tentar.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top