Conmebol Libertadores

Atuações ENM: Lucas Veríssimo faz partida impecável, João Paulo brilha e atacantes resolvem

(Photo by Andre Penner – Pool/Getty Images)

No principal jogo da temporada até aqui, o Santos teve a melhor atuação justamente quando mais precisou. Com muito ímpeto ofensivo e organização na defesa, o Peixe atropelou e venceu tranquilamente o Boca Juniors por 3 a 0 na Vila Belmiro, para voltar à final da Libertadores depois de 10 anos.

Fora alguns sustos do Boca Juniors, o Santos foi sóbrio durante toda a partida, sabendo o momento de acelerar e quando cadenciar o jogo. Lucas Veríssimo foi absoluto na defesa e não deu espaço para o ataque argentino. De quem mais se esperava no Peixe, a dupla Marinho e Soteldo entregaram o que precisava para garantir a vaga na final.

Jogado ao fogo em mais um momento da temporada, João Paulo fez boas defesas quando chamado e demonstrou que Cuca pode contar com o goleiro sempre que precisar.

Marinho e Soteldo: A dupla é a principal arma ofensiva do Santos. E o camisa 11 e o camisa 10 não decepcionaram. O venezuelano marcou um golaço e o brasileiro fez de tudo e deixou Lucas Braga sozinho para marcar o terceiro

Lucas Veríssimo: Dono da zaga do Santos, Lucas Veríssimo terá a chance de se despedir com título do time antes de partir para Portugal. Na Vila, o zagueiro anulou o ataque do Boca Juniors

João Paulo: mais uma partida alto nível do goleiro. Apareceu quando exigido e impediu qualquer reação do Boca.

NOTAS:
João Paulo: 8,0
Pará: 7,5
Lucas Veríssimo: 9,0
Luan Peres: 7,0
Felipe Jonatan: 7,5
Alison: 8,0
Diego Pituca: 8,5
Lucas Braga: 7,5
Soteldo: 9.0
Kaio Jorge: 7,5
Marinho: 9,0
Jobson: 6,0
Sandry: 6,5
Jean Mota: 6,0
Madson: 6,5
Vinicius Balieiro: sem nota

LEIA MAIS: Neymar publica imagem ao lado de Marinho, em apoio ao Santos na Libertadores

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top