Copa do Brasil

Atuações ENM: Rafael Cabral tem noite brilhante e se sagra herói da classificação do Cruzeiro; veja notas

Rafael Cabral Cruzeiro Foto: Cruzeiro/StaffImages/Divulgação
Foto: Cruzeiro/StaffImages/Divulgação

Nesta quinta-feira (12), o Cruzeiro venceu o Remo no tempo regulamentar por 1 a 0, na Arena Independência. Com o placar agregado, já que o time paraense havia vencido a partida de ida por 2 a 1, a decisão foi para a cobrança de pênaltis. Com a casa cheia, a Raposa, então, conseguiu a classificação na Copa do Brasil ao vencer por 5 a 4.

Apesar disso, o Cruzeiro fez um jogo nervoso durante os 90 minutos, com o time celeste buscando o ataque por meios dos passes longos, sem muita troca e nem bola no chão, haja vista o modelo de jogo escolhido pelo Remo: a retranca. O time paraense foi fechado para o campo, o que dificultou algumas investidas cruzeirenses, que quando colocava a bola no chão, perdia boas oportunidades.

Dois atletas foram destaques importantes, verdadeiros heróis da classificação celeste: Edu e Rafael Cabral. O atacante, conhecido como “matador” pela torcida, balançou as redes e garantiu a ida da decisão para os pênaltis para o clube mineiro. Já o goleiro defendeu quatro cobranças e levou o clube para a próxima fase da competição.

MANDARAM BEM:

Rafael Cabral – 9,5

Além de segurar o gol celeste durante os 90 minutos regulamentares, o que ajudou no encaminhamento da decisão para os pênaltis, Rafael Cabral foi o principal responsável pela classificação cruzeirense. O goleiro defendeu quatro cobranças do Remo e garantiu a Raposa na próxima fase da Copa do Brasil. Noite brilhante do arqueiro. Atuação para afastar qualquer contestação e comparação.

Edu – 7,5

Edu, como sempre, lutou bastante durante o duelo, levando a equipe sempre ao ataque em busca do gol. E conseguiu, sendo um dos heróis do jogo, já que foi de seus pés que saiu o tento que levou a decisão para as penalidades. Edu mais uma vez foi matador e decisivo para o Cruzeiro.

ATUAÇÕES

CRUZEIRO

Rafael Cabral – 9,5

Zé Ivaldo – 6

Lucas Oliveira – 7

Eduardo Brock – 7

Geovane Jesus – 6

(Daniel  Jr.) – 6,5

Willian Oliveira – 6

(Fernando Canesin) –

Adriano – 5,5 

(Rafa Silva) – 6

Matheus Bidu – 6

(Rafael Santos) – 6,5

Jajá – 5,5

Luvannor – 6

(Rodolfo) – 6

Edu – 7,5

Para saber tudo sobre a Série B, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top