Futebol

Atuações ENM: Giovani, Gabriel Silva e Endrick se destacam em título inédito do Palmeiras na Copinha; veja as notas

Fabio Menotti/ Palmeiras

A Copa São Paulo de Futebol Júnior terminou na manhã desta terça-feira (25) com uma equipe inédita vencendo a competição. O Palmeiras venceu o Santos na final pelo placar de 4 a 0 no Allianz Parque. Os gols da partida foram de Endrick, Gabriel Silva (2x) e Giovani. Confira abaixo, as analises dos jogadores do Verdão.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Matheus (goleiro)

O goleirão do Palmeiras fez uma campanha segura na Copinha. Na partida da final, mais uma atuação sólida e sem perigos. Nota: 6,0.

Garcia (lateral)

Atuação segura do lateral palmeirense. Muito boa sua participação na Copinha. Nota: 6,0.

Naves (zagueiro)

Muito boa atuação do jogador. Com grande estatura, comandou o seguro setor defensivo palmeirense. Nota: 6,0.

Lucas Freitas (zagueiro)

Com passagens por seleções de base, o gigante Lucas Freitas de 1,85 de altura fez grande Copinha e talvez possa pintar nos próximos treinos de Abel Ferreira na Academia de Futebol. Nota: 6,5.

Vanderlan (lateral)

Partida GIGANTE do lateral palmeirense. Participou de dois dos quatro gols do Palmeiras na final. Nota: 7,0

Ian (substituição)

Entrou na segunda etapa e poucos minutos em campo. Sem nota.

Para ficar ligado nas últimas notícias do Palmeiras, acesse o Esporte News Mundo.

Fabinho (meia)

Jogador resguardou bem o setor defensivo que pouco foi acionado durante a partida. Nota: 6,0.

Giovani (meia)

Foi dele o segundo gol da partida. Bom nome a se observar. Nota: 7,0

Vitinho (substituição)

Entrou no decorrer da partida e articulou bem as jogadas ofensivas. Nota: 6,5.

Pedro Bicalho (meia)

O jogador perdeu a reta inicial da Copinha por conta da Covid-19, mas posteriormente assumiu a titularidade e não saiu mais do time. Nota: 6,0.

Lucas Sena (substituição)

Entrou no segundo tempo e poucos minutos em campo. Sem nota.

Gabriel Silva (atacante)

Autor de dois gols na final. Cobrou com maestria a falta e foi o nome da final. Nota: 8,0

Pedro Lima (substituição)

Entrou na segunda etapa e poucos minutos em campo. Sem nota.

Jhonatan (atacante)

Movimentação muito interessante do jovem jogador na final. Articulou bem as jogadas ofensivas. Nota: 6,0

Kevin (substituição)

Entrou na segunda etapa e poucos minutos em campo. Sem nota.

Endrick (atacante)

O nome da Copinha 2022. Endrick abriu o placar na final e rabiscou os jogadores adversários. Partida impecável. Nota: 8,0

João Pedro (substituição)

Entrou bem na partida e quase deixou o seu. Nota: 6,5.

Paulo Victor (treinador)

Conseguiu impor seu estilo de jogo e abriu 3 a 0 nos primeiros 15 minutos. Após isso, não sofreu grandes sustos e ainda ampliou o placar no segundo tempo. Nota: 7,0.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top