Campeonato Brasileiro - Série C

Botafogo-PB sofre gol do Paysandu no fim e amarga quinto empate na Série C

Foto: Josemar Gonçalves/Reprodução/Botafogo-PB
— Continua depois da publicidade —

Botafogo-PB e Paysandu empataram em 1 a 1 na noite deste sábado (26), no Estádio Almeidão, em João Pessoa, em jogo válido pela oitava rodada do Grupo A da Série C. O gol do time paraibano foi marcado pelo atacante Lohan, enquanto o Papão empatou com Wesley Costa, com ambos os gols saindo na segunda etapa.

O Jogo

A partida no Estádio Almeidão era de condições opostas: o Paysandu queria se manter no G4, zona de classificação para a próxima fase, e o Botafogo-PB precisava dos três pontos para sair de perto do Z2, zona de descenso para a quarta divisão nacional, e subir posições no Grupo A da competição. Com essas necessidades, as equipes começaram o jogo em João Pessoa.

Primeiro tempo

O Botafogo-PB começou o jogo pressionando, adiantando a linha defensiva e achando o time paraense. Com essa característica, o Belo, ao quatro minutos, chegou com perigo, em falta cobrada por Rodrigo Andrade que soltou um chute potente e exigiu uma defesa segura do goleiro do Papão.

Um minuto depois, a bola foi rebatida pela defesa do Paysandu e sobrou para Rodrigo Andrade, que emendou um chutou forte de primeira e a bola passou próximo à trave do goleiro Gabriel Leite.

O Paysandu também chegou. Aos 16 minutos, após jogada sem sucesso do Belo, o Paysandu retomou a posse da bola e entrou em contra-ataque, terminando com uma finalização rasteira de Vinicius Leite, sem muito perigo à meta do goleiro Samuel.

Inclusive o goleiro Samuel foi mais exigido no primeiro tempo do que o goleiro do time adversário, Gabriel Leite. Aos 32, Juninho percebeu liberdade e aproveitou o espaço que tinha para chutar forte e mandar a bola para escanteio.

No lance seguinte, após jogada de escanteio, Elielton aproveitou a bola sobrada e mandou um chute perigoso, e o goleiro Samuel fez grande defesa, e a bola saiu pela linha de fundo, mas o árbitro acabou assinalando falta do jogador paraense no goleiro do Belo.

No primeiro tempo, o Botafogo-PB teve o domínio da partida, controla o volume de jogo mas não revertia esse domínio em oportunidades concretas de gol, enquanto o Paysandu jogou de forma reativa, apostando no contra-ataque e teve algum sucesso em escapadas pelas laterais do campo.

Segundo tempo

A segunda etapa teve um início bastante fraco. Tanto o Belo quanto o Papão passaram a utilizar o recurso dos chutes diretos para dar profundidade ao jogo mas, mas maioria dos casos, foram jogadas ineficazes. 

A primeira chance mais perigosa do segundo tempo veio de bola parada. Em falta na linha lateral, Vinicius Leite alçou a bola para a área e, sem desviar em nenhum jogador, foi direto para o gol, exigindo reflexo e grande defesa do goleiro Samuel para espalmar para escanteio.

Mesmo sem jogar bem, o Botafogo-PB abriu o placar no melhor momento do Paysandu no jogo. Em jogada de escanteio aos 21 minutos, Christianno cruzou para a Lohan, que subiu mais que a defesa do Paysandu, e cabeceou para o gol, sem chances de defesa para Gabriel Leite que apenas observou a bola entrando para o fundo do gol. 1 a 0 para o Belo. 

O Paysandu teve um duro gol com a expulsão do capitão Micael, após levar o segundo cartão amarelo. Mas, mesmo com um a menos, o Paysandu não desistiu. Aos 41 minutos, em cruzamento de escanteio para a pequena área, Wesley Costa cabeceia para o gol, sem chances de defesa para Samuel. Empate do Papão, 1 a 1.

Escalações

Botafogo-PB: Samuel; Marcos Martins, Marcelo Xavier, Luis Gustavo e Christianno; Juninho, Higor Leite (Erivelton), Ramon (Diego Rosa), Vitinho e Rodrigo Andrade; Lohan. Técnico: Rogério Zimmermann

Paysandu: Gabriel Leite; Tony, Micael, Perema e Bruno Collaço; Anderson Uchôa (Wesley Costa), Wellington Reis (Serginho), Uilliam Barros e Juninho (Mateus Anderson); Elielton (Luiz Felipe) e Vinícius Leite. Técnico: Matheus Costa

Como fica a tabela de classificação?

O resultado deixou um gosto amargo para os paraibanos, que venciam, tinham o controle do jogo e um atleta a mais. Com o empate, a situação do Belo permanece, segue na oitava colocação, com oito pontos, e segue com apenas uma vitória na terceira divisão. E, para o Paysandu, pelo que foi o jogo, é um ponto para se comemorar muito. O time paraense agora soma 11 pontos e é, momentaneamente, o quarto colocado do grupo, dentro da zona de classificação para a próxima fase da competição.

Próximos compromissos

A próxima rodada será a última do primeiro turno e tanto o Belo quanto o Papão terão compromissos fortes. O Botafogo-PB faz uma viagem curta até Campina Grande para enfrentar o seu grande rival e desesperado por pontos, o Treze. O jogo acontece no Estádio Amigão, no sábado (3), às 17h. Já o Paysandu joga o clássico RE-PA, clássico contra o Remo, o Estádio Mangueirão, em Belém, também no sábado, às 19h.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

To Top