Paralimpíadas

Brasil vence Turquia e garante medalha no tênis de mesa em equipes

(FÁBIO CHEY/CPB)

Na noite desta quarta-feira (31), o tênis de mesa em equipes do Brasil venceu a Turquia por 2 sets a 1, no Ginásio Metropolitano de Tóquio, e se classificou às semifinais dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Na classe 9-10, as paratletas brasileiras Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos já garantiram pelo menos o bronze por não haver disputa de terceiro lugar.

+ Para saber tudo sobre os Jogos Paralímpicos de Tóquio, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

No primeiro duelo, Bruna Alexandre e Danielle Rauen começaram de forma arrasadora sobre Merve Cansu Demir e Neslihan Cavas, da Turquia. Mas o equilíbrio do jogo veio logo no segundo set. Depois, abriram dois pontos e chegaram ao empate. Daí para a frente, as turcas dominaram a terceira parcial e, no quarto set, viraram nos momentos finais. Houve uma paralisação por conta de um desentendimento entre Merve Demir e Neslihan Cavas e a arbitragem, e depois o jogo foi finalizado: 3 a 1 (11/3, 10/12, 4/11 e 8/11). Vitória turca no primeiro jogo das quartas do tênis de mesa.

O segundo jogo foi entre Bruna Alexandre e Merve Cansu Demir. Prata no tênis de mesa individual, Bruna encontrou dificuldades contra a turca Merve. Sem conseguir desempenhar em alto nível, mas colocando a experiência em ação nos momentos decisivos, Bruna Alexandre venceu o confronto para o Brasil por 3 a 0 (11/9, 11/7 e 11/6). Ali, fizera o empate brasileiro.

+ Raíssa Machado bate recorde e leva a prata no lançamento de dardo F56

+ Yeltsin Jacques quebra recorde e conquista o 100º ouro do Brasil em Paralimpíadas

Para decidir o duelo entre as equipes, Danielle Rauen tomou posse da raquete de tênis de mesa contra Neslihan Cavas. A partida repetia o encontro entre as atletas, ocorrido na primeira fase individual classe 9, com triunfo do Brasil. Com um primeiro set perfeito, Rauen vibrou, agrediu muito e acertou um grande volume de jogadas, fechando em 11/3. O segundo set foi mais difícil para Danielle, que reencontrou o alto desempenho no último período e fechou em 3 a 0 (11/3, 11/9 e 11/6).

Confira o calendário, horários e modalidades das Paralimpíadas de Tóquio

Bruna Alexandre, Danielle Rauen e Jennyfer Parinos já conquistaram medalha de bronze para o Brasil no tênis de mesa: foi na Rio 2016. Agora, a expectativa é para subir mais alto no pódio. Na manhã desta quarta-feira, 1º de setembro, a equipe encara a Polônia, às 7h30 (Brasília). O Brasil, nessas semifinais, joga contra as talentosas Natalia Partyka e Karolina Pek, que passaram pelo Japão nas quartas.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

To Top