Futebol Internacional

Deixaram saudade? Cinco ex-jogadores do Borussia Dortmund que você talvez não lembre

Immobile jogou pelo Borussia Dortmund na temporada 2014/2015 (Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund)
Immobile jogou pelo Borussia Dortmund na temporada 2014/2015 (Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund)

Com apenas 19 anos, Erling Haaland já provou ter sido uma transferência acertada por parte da diretoria do Borussia Dortmund. Contratado em janeiro deste ano, o atacante norueguês tem causado um impacto enorme desde a primeira partida pelo clube. Até o momento, foram 14 jogos disputados e 13 gols marcados pelo time alemão.

                 

Mas a diretoria aurinegra nem sempre consegue acertar nas transferências. O Esporte News Mundo traz cinco nomes importantes que foram contratados pelo Borussia Dortmund, mas que tiveram passagens apagadas pelo clube ou são pouco lembrados pelos torcedores.

Kevin Kampl – Meia – 29 anos

Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund

Peça importante no RB Leipzig, Kevin Kampl já vestiu a camisa aurinegra. Revelado pelo Bayer Leverkusen, o meia chegou ao clube em janeiro de 2015, após se destacar no Red Bull Salzburg, da Áustria.

O esloveno, que é alemão de nascença, disputou apenas 19 partidas pelo Borussia Dortmund e deixou a equipe em setembro de 2015, quando retornou para o Bayer Leverkusen. Após duas temporadas, foi para o RB Leipzig, onde se firmou como um jogador importante.

Andriy Yarmolenko – Atacante – 30 anos

Créditos: (Divulgação/Borussia Dortmund)

Considerado um dos melhores jogadores ucranianos pós-Andriy Shevchenko, Andriy Yarmolenko ainda não conseguiu repetir o sucesso do compatriota em um time grande da Europa. Após se tornar ídolo do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, o atacante foi contratado pelo Borussia Dortmund no início da temporada 2017/2018.

Mas a passagem do jogador na Alemanha foi bem diferente do que no seu país natal. É verdade que Yarmolenko sofreu uma lesão no pé que o fez perder 12 jogos entre janeiro e abril de 2018, mas as expectativas em cima do atacante não foram correspondidas. Foram seis gols em 26 jogos, antes de se transferir para o West Ham, da Inglaterra, na temporada seguinte.

Michy Batsuhayi – Atacante – 26 anos

Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund

Ao contrário dos outros citados na lista, Michy Batsuhayi foi um jogador que teve bons momentos pelo Borussia Dortmund, apesar de uma passagem relâmpago pelo clube. Mais um atleta da “Ótima Geração Belga”, chegou nos aurinegros em janeiro de 2018 por empréstimo junto ao Chelsea, com duração até o fim da temporada.

E o início do atacante foi promissor. Já na estreia, contra o Colônia, Batshuayi marcou dois gols e deu uma assistência. O belga seguia marcando gols pela equipe, mas uma ruptura nos ligamentos do tornozelo, em abril, acabou encerrando a temporada do jogador. No total, foram nove gols em 14 jogos. Com o fim do empréstimo, Michy retornou para o Chelsea.

Maximilian Philipp – Atacante – 26 anos

Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund

“Versátil, possui uma boa finalização e tem um futuro brilhante pela frente”. Assim Michael Zorc, diretor-esportivo do Borussia Dortmund, descreveu Maximilian Philipp, quando o jogador foi contratado, em junho de 2017.

Mas o que se viu em campo passou bem longe do jogador que teve boas atuações anteriormente pelo Freiburg. Em duas temporadas pelo Borussia Dortmund, Philipp disputou 51 partidas e anotou apenas 11 gols. Números que o levaram a se transferir para o Dínamo Moscou, da Rússia, em agosto de 2019.

Ciro Immobile – Atacante – 30 anos

Créditos: Divulgação/Borussia Dortmund

Nome mais importante da lista, Ciro Immobile chegou ao Borussia Dortmund como artilheiro do Campeonato Italiano 2013/2014, quando marcou 22 gols pelo Torino, e com a difícil missão de substituir Robert Lewandowski, que tinha se transferido para o Bayern de Munique. Mas o italiano não chegou nem perto de que o polonês fez pela equipe.

Immobile disputou somente uma temporada pelo time alemão. Em 34 partidas, anotou apenas 10 gols pelo clube, sendo três deles na Bundesliga. O italiano acabou saindo dos aurinegros após uma temporada, sendo emprestado ao Sevilla e ao Torino, antes de ser vendido à Lazio, onde reencontrou o bom futebol e se tornou um dos melhores jogadores do país.

Clique para comentar

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As últimas

Para o Topo