Futebol Internacional

Mahrez perde pênalti, Manchester City empata com o West Ham e adia título inglês

Riyad Mahrez perde penalti para o Manchester City contra o West Ham
Photo by JUSTIN TALLIS/AFP via Getty Images

West Ham e Manchester City fizeram um grande espetáculo no Estádio Olímpico de Londres, pela 37ª rodada da Premier League. Os donos da casa aplicaram 2 a 0 no primeiro tempo com gols de Jarrod Bowen, todavia, as instruções de Guardiola no intervalo surtiram efeito. Com gols de Jack Grealish e Vladimir Coufal (contra) os comandados de Pep Guardiola conquistaram o empate. Riyad Mahrez perdeu um pênalti. O 2 a 2 adiou o título do Manchester City. Para os Hammers, a chance de Europa League ainda existe, mas a classificação ou não só será confirmada na última rodada. 

O City iniciou o jogo a seu modo. Controlando a posse, gerando alternativas de jogo pelos flancos. No entanto, o West Ham não foi bobo. Michael Antonio se firmou como um excelente escape durante a primeira etapa. Ainda que apresentasse falhas em alguns duelos, incomodava muito os defensores do City com seu porte físico avantajado. Mas, quando teve sucesso, o West Ham foi mortal. Aos 24′, Antonio pressionou Fernandinho, Fornals lançou e Bowen ganhou na corrida de Laporte e marcou o 1 a 0. E aos 45′, Antonio recebeu de Souček e acionou Bowen em condição legal e o ponta inglês finalizou no fundo da meta de Ederson.

E não só de méritos ofensivos teve a equipe de David Moyes, defensivamente muito aplicada com o Bowen – Souček – Coufal fechando bem os passes de Zinchenko, Grealish e Bernardo Silva pelo seu lado direito de defesa. Na esquerda, Cresswell, Fornals e Rice buscavam minar ao máximo o jogo de De Bruyne, Mahrez e Cancelo. Ainda quando superados, puderam contar com Zouma e Dawson intransponíveis na defesa dos cruzamentos e finalizações do Manchester. 

Apesar disso, o City não foi mal. Controlou a posse, porém, teve poucas chances claras. A boa marcação do West Ham pelos lados, forçou a equipe de Pep Guardiola a girar a bola rápido e finalizar mais de fora da área. Aos 22′, Fernandinho chutou um pouco acima da meta de Fabianski, aos 29′, Laporte teve liberdade, chutou e o goleiro polonês triscou a bola para fora do gol. Gabriel Jesus teve grande atuação. Se apresentando para receber, tabelar com seus companheiros e finalizar, como foi no minuto 36, Zinchenko aciona o atacante brasileiro que corta para dentro e finaliza rente à trave de Fabianski. 

Saiba mais sobre o Futebol Internacional: Harry Kane marca e Tottenham consegue vitória importante diante do Burnley

O segundo tempo foi elétrico. No começo da etapa complementar, o City conseguiu gerar muito mais jogo a partir de uma maior participação de Rodri. O volante recebeu as bolas que não entravam pela esquerda e lançava para direita procurando Mahrez para confrontos individuais. E em um desses confrontos, gerou escanteio, e no toque de Rodri, Jack Grealish com uma chicotada para o gol, diminuiu para os Citizens no minuto 4 do 2° tempo. O bom momento da equipe de Guardiola não parou, aos 7′,  Gabriel Jesus recebeu e praticamente sem ângulo, forçou Fabianski a fazer grande defesa. Aos 10′, cruzamento de Mahrez, a bola desviou em Cresswell, Grealish acionou Bernardo Silva que chutou e Zouma cortou em cima da linha. 

Depois de 12′ críticos, o West Ham conseguiu se reencontrar na partida. Melhorou seu balanço defensivo, Rice – Fornals – Cresswell estiveram mais atentos nas coberturas, o que gerou mais estabilidade pelo lado direito de marcação. E com sorte, ainda uma excelente oportunidade, Michael Antonio ganhou um presente de Fernandinho, mas encobriu mal Ederson e a bola foi para o lado de fora da meta. Outra chance foi com Jarrod Bowen, em cruzamento de Antonio, Souček rolou e o camisa 20 do West Ham finalizou, a bola desviou na zaga do City e passou raspando o gol de Ederson. 

A melhora da marcação dos Hammers pela direita forçou o City a trocar o lado forte. Pela esquerda, com De Bruyne, Zinchenko e Grealish. o City teve uma boa chance em chute de fora da área de Zinchenko, Fabianski espalmou para o lado e Cresswell afastou. Porém, em cobrança de falta pelo mesmo setor, Coufal cabeceou para a própria meta e empatou o jogo. O volume do City prosseguiu forte, e em lance de Gabriel Jesus contra Dawson, o zagueiro deu um pisão no brasileiro, pênalti para o City. Contudo, o chute de Mahrez parou nas mãos de Fabianski. 

Siga o Esporte News Mundo nas redes: Facebook, Instagram e Twitter

O empate adiou o título dos Citizens que aguardam a partida do próximo domingo (22) contra o Aston Villa . A equipe londrina ainda luta por uma vaga na UEFA Europa League e na última rodada, também no domingo, vai ao Amex Stadium encarar o Brighton.  

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top