Mais Esportes

COI vai ajudar comitês e federações por causa do adiamento da Olimpíada

As federações esportivas e os comitês nacionais que ficaram com suas finanças comprometidas, por causa do adiamento das Olimpíadas Tóquio 2020, vão receber um socorro monetário, de acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI). A entidade assegurou que vai arcar com parte dos prejuízos causados com a transferência do evento para o próximo ano, por causa da pandemia de coronavírus.

O presidente da Comissão de Coordenação dos Jogos Tóquio 2020, John Coates, durante videoconferência, na última quinta-feira, frisou a importância do auxílio.

– Não vamos permitir que os comitês olímpicos ou nossas federações entrem em colapso e vamos ajudá-los – disse.

Para o Japão, a previsão de gasto com o adiamento é a de um valor entre US$ 2 bilhões (R$ 10 bilhões) e US$ 6 bilhões (R$ 12 bilhões). Já o presidente do COI, Thomas Bach, calculou que a entidade terá um prejuízo de algumas centenas de milhões de dólares, que serão amenizados com o recebimento de uma apólice de seguro que pode chegar a R$ 10 bilhões.

(Foto: Divulgação)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

As últimas

Ao topo