Esportes olímpicos

Com Bia Ferreira, Canal Olímpico transmite o Mundial Feminino de Boxe

Mundial Feminino de Boxe Bia Ferreira
Wander Roberto/COB

Um dos grandes destaques das últimas Olimpíadas para o Time Brasil foi o boxe. Depois do título de Herbert Conceição na Rio 2016, a delegação conseguiu mais um bom desempenho em Tóquio 2020 e viu Bia Ferreira sendo prata em uma das categorias. Agora, a própria atleta campeã mundial busca novamente alcançar o lugar mais alto do pódio. Pela primeira vez em sua história, o Canal Olímpico, serviço de streaming do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) será responsável pela transmissão a partir desta quarta-feira, 11.

Criado em 2020, o Canal Olímpico vem crescendo bastante nos últimos meses adquirindo um carinho do público por competições olímpicas. Diretor-geral do COB, Rogério Sampaio falou sobre a evolução do serviço e a importância de unir a histórica transmissão de uma competição adulta a nível mundial e de ser com atletas mulheres.

— Nos últimos meses adotamos um plano de crescimento do Canal Olímpico do Brasil e, aos poucos, os resultados estão sendo colhidos. O fato de a nossa primeira transmissão de um Mundial adulto ter as mulheres como protagonistas também nos deixa extremamente contentes. Estaremos na torcida pelas meninas — afirmou.

Outro membro do COB que comemorou a transmissão do Mundial Feminino pelo Canal Olímpico foi Paulo Wanderley, Presidente da entidade. O dirigente relembrou o princípio do canal, o atual foi momento com a transmissão dos Jogos Sul-Americanos da Juventude, em Rosário.

— O Canal Olímpico do Brasil tem como um de seus objetivos transmitir eventos relevantes de todas as modalidades esportivas. Acabamos de fazer uma grande cobertura dos Jogos Sul-americanos da Juventude Rosário 2022 e tenho certeza que o Mundial Feminino de Boxe será mais um evento de nível altíssimo — comentou Paulo Wanderley.

Do dia 11 a 20 de maio, o Mundial Feminino de Boxe reunirá 419 atletas de 93 países diferentes. O Brasil será representado por quatro atletas, sendo elas: Caroline Almeida (52kg), Viviane Pereira (75kg), Jucielen Romeu (57kg) e Beatriz Ferreira (60kg). No primeiro dia de competições, Jucielen e Caroline entrarão no ringue para as suas primeiras lutas no torneio. Atual vice-campeã olímpica, Bia Ferreira fará sua estreia na quinta-feira, 12, enquanto Viviane será a última a lutar, no sábado.

Para acompanhar as transmissões, o Canal Olímpico disponibilizará o sinal gratuitamente em seu site. Milla Garcia será responsável pela locução dos eventos e Amônio Silva, experiente membro da Seleção Brasileira de Boxe, estará nos comentários.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top