São Paulo

Com time alternativo, São Paulo empata no Morumbi contra Juventude

Final de jogo e o Ju busca um ponto no Morumbi! Próximo jogo pelo @Brasileirao será na nossa casa, no sábado, diante do Atlético-MG. 📷Fernando Alves/ECJuventude
Fernando Alves/ECJuventude

Com equipe alternativa, o São Paulo recebeu o Juventude, lanterna do Campeonato Brasileiro, e não saiu do 0 a 0 do placar. A equipe foi a 19 pontos e está na oitava colocação da tabela do Brasileirão. A partida foi válida pela 14º rodada da competição nacional.

Ao sair a escalação dos 11 iniciais, Ceni surpreendeu a todos ao deixar Calleri, artilheiro da edição atual do Campeonato Brasileiro no banco de reservas. Com diversos desfalques, o treinador iniciou a partida com uma linha de quatro jogadores na defesa: Rafinha, Miranda, Léo e Wellington. No decorrer, com a entrada de Diego Costa, a equipe voltou a atuar com três zagueiros.

Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Na primeira etapa, um velho problema do São Paulo veio a tona: a tomada de decisões. A bola chegava nos atacantes e a melhor alternativa era a finalização e o jogador optava por servir o companheiro e vice-versa. As escolhas de Ceni não se justificaram e com isso, mudanças na volta para o segundo tempo.

Com as entradas de Rodrigo Nestor e Calleri, o São Paulo passou a ter uma referência no ataque e mais um homem para ajudar na construção de jogadas. Resultado foi o volume de chances criadas. Miranda perdeu um gol na pequena área que não pode perder e Calleri até tentou, mas sem muita precisão. Já são cinco partidas sem balançar as redes.

Para ficar ligado nas últimas notícias do São Paulo, acesse o Esporte News Mundo.

No mais, apesar dos desfalques, a equipe mostrou-se combativa e algumas peças mostraram que podem ser úteis ao treinador. Tal qual o exemplo de André Anderson, pouco utilizado por Rogério Ceni. Na próxima quinta-feira (30), o São Paulo inicia as partidas de oitavas de finais da Copa Sul-Americana contra a Universidad Católica (CHI).

Em um time com diversos desfalques, cada ressalva de boa partida é um ponto a ser celebrado por Ceni e sua comissão.

Click to comment

Comente esta reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado.

As últimas

To Top